NoEDC.jpg
Buscar
  • Gisele Alvares Gonçalves

15 personagens femininas inesquecíveis - parte 2

Boa noite a todos, estrelas da minha constelação! Como prometido, trago hoje mais cinco das quinze divas que ocupam o meu coração e que preenchem a minha memória. É muito encantamento para uma matéria só, não é mesmo? Muita beleza e fascínio para nós, pobres mortais, contemplarmos. Ainda assim, por que não arriscarmos apenas um vislumbre da personalidade dessas deusas? E se quiserem deliciarem-se com mais, basta recorrer aos filmes e séries de que elas fazem parte. Então, preparados para essa jornada rumo à feminilidade, onde residem apenas as maiores damas, dignas do título? Partiu!


Margaery Tyrell


Série: Game of Thrones

Atriz: Natalie Dormer

Frase marcante: "Eu tive muito tempo para pensar sobre como eu era boa em fingir ser boa."


Quem leu a primeira parte dessa matéria, certamente estranhou a ausência DA rainha de Game of Thrones na lista. Bom, aqui ela está, linda e seduzente como sempre foi! Ouso até dizer que, dentre todas as mulheres inesquecíveis que estou trazendo para vocês, a Margaery é a mais inteligente de todas, e por isso a mais fascinante. Seu conhecimento de psicologia era tão profundo que ela consegue dominar um doente da cabeça como o Joffrey! Pois é, a Tyrell sabia que homem não se conquista pela barriga, mas pelo ego, e acabava por dizer exatamente aquilo o que o rei de Westeros desejava ouvir. Fala sério, como não amá-la por isso?


Não apenas maníacos psicopatas, mas também o povo simples de Porto Real caía nas graças dela. Esperta como só, Margaery entendia a força que o apoio da população significava, tratando logo de visitar os orfanatos mais imundos com um sorriso no rosto, fazendo caridade para assegurar o seu lugar como rainha de Westeros. Ela só se descuidou ao ganhar a inimizade da sogra, mais isso é outra história... Uma, aliás, que acabou rendendo-lhe a morte prematura.



Atia dos Julii


Série: Roma

Atriz: Polly Walker

Frase marcante: "Você está jurando agora que, um dia, você irá me destruir. Lembre-se:mulheres muito melhores que você juraram fazer o mesmo. Vá procurar por elas agora."


Ah, essa ruivinha é de matar! Bem literalmente, atrevo-me a dizer... Afinal, quem não lembra da "pobre" Servilia se matando para rogar uma praga para a nossa diva? Mas é isso aí, com gente casca grossa como ela, a macumba tem que ser de outro nível! E ninguém pode negar a força de Atia, nem sua falta de moral ao atingir seus objetivos, como quando ela separou a filha de seu amor verdadeiro apenas para oferece-la a Pompeu, ou quando ela torturou Servilia de forma bastante cruel.


E, apesar de tudo isso, nós amamos essa bitch! Bela e astuta, ela é tão fascinante quanto veneno... E é intoxicante como um! Mas se é implacável como inimiga, também é feroz como amante. Seu amor por Marco Antônio foi intenso, passional, abrasador, ainda que trágico no final. E não é para menos, já que Atia não sabia servir a sopa sem pimenta: tudo era oito ou oitenta para essa mulher, e por mais que tenha sofrido e feito sofrer, ela pôde dizer algo que a maioria de nós jamais ousará: ela viveu.



Katherine Pierce


Série: The Vampire Diaries

Atriz: Nina Dobrev

Frase marcante: "Eu não mereço ser amada."


Também conhecida como Katerina Petrova, essa diva talvez seja a mais emblemática para a geração que se encontra entre os 20 e 30 anos. Temperamental, ela lembra muito a nossa amada Ana Bolena (sobre quem falamos na primeira parte dessa matéria), principalmente no que concerne a seu gosto por vingança. Apesar de ser uma excelente estrategista, a Kit Kat se deixa guiar por seus impulsos mais obscuros, o que a atrapalha consideravelmente na hora de atingir seus objetivos. Por exemplo: separar o Stefan da Elena não iria fazer o homem se apaixonar por ela novamente, muito pelo contrário - só iria fazê-lo odiar a vampirinha ainda mais. Por que ela seguiu com esse plano, então? Pelo simples prazer de fazer a Elena sofrer.


A Katherine, no entanto, tem algo que encontramos pela primeira vez em uma personagem desta lista, e que eu gosto muito: ela é uma sedutora, mas uma sedutora decadente. Seu tempo já passou, seus amores expiraram a validade, e ela não consegue lidar com essa realidade, tentando ser ainda a coisinha mais bonitinha de Mystic Falls, e falhando miseravelmente.



A Rainha Vermelha


Série: Once Upon a Time in Wonderland

Atriz: Emma Rigby

Frase marcante: "Obrigada por voltar. Eu sei que você não voltou por mim, mas obrigada em todo o caso."


Uma das muitas personagens profundas da franquia Once Upon a Time, porém certamente a mais feminina de todas elas. Anastasia tem poder e coração, e isso a põe em um caminho que a faz ser odiada por todo o reino. Sim! Estamos lidando, mais uma vez, com uma sedutora decadente, mas uma que arrependeu-se do caminho que tomou. Depois de muito passar fome ao lado de seu verdadeiro amor, esta diva escolheu trocá-lo por uma coroa vermelha, um rei e uma vida luxuosa no palácio. Claro, ela descobriu muito tarde que permanecer ao lado do homem que amava valia muito mais que qualquer joia, e assim procura quebrar as leis da magia para poder voltar no tempo e fazer tudo diferente.


Motivada pelo amor, tentando sobreviver ao jogo de um homem cruel (Jafar) e sempre de unhas bem feitas e cabelos escovados, Anastasia tem a consciência da perda da sua inocência, também é dolorosamente ciente do ódio que seu povo lhe despende. Ainda assim, apesar de todos os seus dramas, ela não deixa de jogar o jogo, nem de botar o seu melhor figurino em cada cena, deixando-nos encantados com a delicadeza da atuação de Emma Rigby e com a sua busca implacável por redenção.



Harley Quinn


Filme: Esquadrão Suicida

Atriz: Margot Robbie

Frase marcante: "Nós somos vilões, isto é o que fazemos!"


Enfim chegamos à última diva, e a mais polêmica! Sim, porque nesta matéria eu me refiro exclusivamente à Harley Quinn do filme Esquadrão Suicida, e não àquela de Aves de Rapina que, segundo o meu entendimento, é uma pessoa completamente diferente, com uma personalidade muito distinta. Em primeiro lugar, a pudinzinha de E. S. é imprevisível e extremamente sensual, a ponto de lamber a grade que a prendia para atiçar o guarda que a torturava! Sinceramente, não notei essas características marcantes em nenhum momento de A. R.. Segundo, temos a questão que a Harley Quinn é uma personagem absolutamente obscura, tão intensa em seu amor pelo Coringa que chegou a se atirar na frente de um carro em alta velocidade, temendo mais a perda de seu homem do que da vida. Bom, cadê o aspecto obscuro em Aves de Rapina? Tudo o que eu vi neste filme foi uma criança boa de briga, previsível e que ama sanduíches ruins.


A Harley Quinn que amamos é sedutora em seus trejeitos, usa salto alto e tem um visual de conquistadora decadente, e apesar de mandar muito bem na hora da luta, não é exatamente uma ninja, sendo mais impulsiva do que efetivamente calculista. Aliás, eu diria que impulsividade faz parte de seu DNA, fato este que fez ela se envolver com o Coringa. Ela é louca, é apaixonada, masoquista e fatal, e apesar de ter uma lista de adoráveis defeitos, arrogância não é um deles. É por isso que a minha Harley Quinn jamais usaria seus diplomas para vencer um argumento... Mais uma coisa que, infelizmente, Aves de Rapina errou feio.



Chegamos ao fim da segunda parte dessa matéria, e eu queria saber se vocês estão curtindo os nomes que foram selecionados para a lista de divas memoráveis! Semana que vem teremos o encerramento dessa saga, e finalmente conheceremos as últimas personagens que mereceram entrar neste rol seleto que apresento a vocês. E aí, quem vocês acham que estará nesta seleção?


Link para a primeira parte da matéria

Link para a terceira parte da matéria


Um beijo a todos, e até a próxima!


Gisele Alvares Gonçalves