NoEDC.jpg
Buscar
  • D. C. Blackwell

5 Séries canceladas que eram boas de doer

Se existe uma tragédia no mundo dos cinéfilos, é o cancelamento de uma série incrível. Nada abala tanto os nossos corações e nos enche de pesar como a sensação de batalha perdida e quase de culpa pela série não ter chegado à sua conclusão desejada – ou sua continuação rumo ao infinito.

Hoje, vamos falar delas. Abriremos essas feridas mal curadas e jogaremos um pouquinho de sal por cima! Mas com a melhor das intenções, é claro. Até porque relembrar é viver, e nesse caso, quanto maior o choque, mais gostosa a lembrança.

Vamos lá?


#1 – Sense8

Oito pessoas completamente diferentes ao redor do mundo se conectam a um nível tão grande que um sente o que o outro sente, pensa o que o outro pensa, suas dores – físicas e espirituais –são uma só.

Essa série que aborda os mais diversos e polêmicos temas sociais e políticos foi um projeto ambicioso das mesmas criadoras de Matrix. Inclusive, foi ambicioso demais. Cada episódio, devido ao fato de que as filmagens ocorriam em 8 países diferentes ao mesmo tempo, custava em torno de 9 milhões de dólares. Já imaginou essa grana toda? Pois é.



O sucesso, entretanto, foi tão grande que, mesmo sendo cancelada, a pressão em cima da produção fez com que a história fosse encerrada com um episódio final de quase 3 horas depois da conclusão da segunda temporada.

Sense8 tocou muitos corações e marcou muita gente, eu dentre vários, para sempre. Esta é uma obra que disseca temas como empatia, relacionamentos, sexualidade, moral e, acima de tudo, amor em todas as suas formas.


#2 – Dead Like Me

Uma garota ranzinza que não sabe aproveitar a vida acaba morrendo e volta à vida para trabalhar para a Morte como uma ceifadora. O motivo? Saldo negativo de karma.

Esta dramédia inglesa pega pesado na acidez e no sarcasmo sem abrir mão de profundidade e sobriedade. Seus personagens são super bem construídos e sua trama gira em torno do desenvolvimento destes, gerando uma intensa e divertida reflexão sobre a vida e a morte e como as aproveitamos – ou não.



A série teve duas temporadas – Ô, número maldito! – antes de ser cancelada. Segundo o criador da série, Bryan Fuller, em entrevista com a MediaVillage.com, afirmou que o cancelamento se deve à guerra interna que ocorria dentro do estúdio. As divergências entre as partes envolvidas, que contam até com indícios homofóbicos do estúdio contra Fuller, tornaram a vida dele um inferno e ele decidiu sair. Infelizmente, este é mais um caso de uma obra lançada na época errada pelos meios errados.


#3 – The Borgias

Sexo, morte, traição e corrupção. Estes são os elementos mais fortes na trama da série, que conta a história da família Borgia, em especial Rodrigo Borgia, em busca do disputado Trono de São Pedro. Esta é uma dramatização histórica inspirada na figura real de Rodrigo Borgia, ou o Papa Alexandre VI de 1492 até a data de sua morte.



A obra era perfeita. Figurinos incríveis, atores espetaculares e cenários imersivos encantam os olhos do espectador. Porém, como nem tudo são rosas, os custos de produção foram altos demais e a série precisou ser cancelada na terceira das quatro temporadas planejadas para a trama. O criador, Neil Jordan, chegou a roteirizar um filme de duas horas contando o final da história, mas nenhum filme jamais foi feito. É possível encontrar o roteiro para download, caso você seja fã e deseje terminar a história.


­­­#4 – Dirk Gently’s Holistic Detective Agency

Sim, esse é o nome da série. Se você se perguntava onde era que o Elijah Wood, o Frodo de Senhor Dos Anéis, estava, eis uma das respostas. A trama gira em torno dessas quatro pessoas que acabam se conhecendo como consequência do mais estranho dos assassinatos. E Dirk chega afirmando que foi contratado como investigador para descobrir quem foi o assassino e força Todd Brozman (Elijah Wood) a sair de sua vida simples e patética para tornar-se seu ajudante.



A obra, situada nos livros de Douglas Adams, o famoso escritor de O Guia Do Mochileiro Das Galáxias, estava planejada para conectar o universo do autor e conciliar tudo em uma só obra cheia de piadas inteligentes e situações bizarras, mas acabou que a segunda temporada ficou bizarra de um jeito que o público não gostou e a popularidade da série despencou, levando ao cancelamento.


#5 – Zoey’s Extraordinary Playlist

Esta é a mais recente e foi cancelada neste mês mesmo, em Junho de 2021. Adivinha em qual temporada?

Zoey é uma programadora sem nenhuma habilidade social ou inteligência emocional, até o dia em que passa a ouvir os pensamentos das pessoas ao seu redor – através de musicais! A vida a jovem vira de cabeça para baixo, porque agora ela consegue voltar a se conectar com seu pai, que tem uma doença degenerativa que o impede de falar ou escrever.



Outra dramédia que tinha tudo para dar certo, e que abordava temas interessantíssimos, tampouco resistiu após sua segunda temporada, que pareceu fugir completamente do tema central e do que fazia a obra realmente especial. Sem muito rumo, o roteiro acabou se perdendo e, por consequência, perdendo audiência até receber a sentença final.


E aí? Se interessou por alguma? Ou apenas relembrou velhos tempos? Conte pra gente nos comentários!