NoEDC.jpg
Buscar
  • Angers Moorse

Dark - uma breve (e longa) análise



Salve, salve, galera! No último dia 27/06, tivemos o lançamento da season 3 (e última) da série Dark, da Netflix. Considerada por crítica e público como a melhor série da plataforma, Dark conquistou muitos fãs ao redor do mundo (e, por que não dizer, de outros mundos também) com uma trama bastante complexa e intensa, abordando várias questões religiosas e científicas.


A série trouxe, ainda, profundas análises sobre famílias e o quanto elas são importantes em nossas vidas. Mas, sem a menor sombra de dúvidas, o grande trunfo que, ao mesmo tempo, é o maior perigo dela, são as questões científicas abordadas.


Paradoxo de Bootstrap, multiverso, viagens no tempo, mundos paralelos, buraco de minhoca…, enfim, teve muito cérebro bugando e neurônio fritando por aí (sinto até o cheirinho de fumaça no ar quando ouço alguém falar sobre a série). Até para quem é especialista nos assuntos, não foi fácil decifrar muita coisa que rolou. Mas fique calmo, pois estamos aí para (tentar) ajudar.


Se fosse para eu fazer um resumo detalhado e bem completo de todos os acontecimentos dessa série, seria praticamente um TCC de Computação ou Engenharia Espacial. Tipo, 120 páginas seriam pouco para conseguir abordar tudo o que aconteceu. Contudo, nossa intenção é não deixar ninguém totalmente perdido… então, mudamos a tática. Em vez de fazer resumos das duas temporadas, trouxemos algumas coisas que aconteceram ao longo delas.


Se você conseguir captar a essência de alguns pontos, fica mais fácil desemaranhar os nós ao longo do caminho. Prontos para mergulhar em uma viagem louca através do tempo? Então, apertem os cintos e vamos nessa!



A trama


O desaparecimento misterioso de crianças na fictícia cidade de Winden, na Alemanha, leva quatro famílias a se envolverem em uma complexa teia de acontecimentos relacionados a viagens no tempo, em busca de respostas. O surgimento de um estranho homem na cidade, uma caverna misteriosa e uma usina nuclear suspeita são a base da história.


A série passa-se em Winden e apresenta vários personagens em suas mais diferentes versões: crianças, jovens, adultos e velhos. Todos os acontecimentos são apresentados em ordem não-cronológica, mas sim, entrelaçados e alternados.


Há algumas épocas-base da série, sempre em ciclos de 33 anos, que vão de 1921 a 2053. Durante esses períodos, várias viagens no tempo são mostradas entre passado, presente e futuro, com os personagens interagindo com versões mais novas - ou mais velhas - delas mesmas.


Alguns fatos, como a criação de uma máquina para viagens no tempo por Noah e Helge, a explosão na usina nuclear de Winden, o desaparecimento do garoto Mikkel e o suicídio de Michael (que é o próprio Mikkel), são os pontos de partida para uma série de investigações e conexões entre os personagens da trama.



As viagens no tempo e linha cronológica


A série traz como base de apoio as viagens no tempo, com paradoxos temporais (ou espaços temporais) de 33 anos. Vários personagens acabam viajando entre passado, presente e futuro e, diferentemente do que é apresentado em Vingadores: Ultimato, os personagens interagem com seus “eus” dessas outras épocas.


Vários anos são mostrados ao longo das duas primeiras temporadas, fechando alguns ciclos e sempre de 33 em 33 anos. Os principais anos e acontecimentos apresentados nas duas primeiras temporadas são (em ordem cronológica):


1921:

  • A foto do grupo Sic Mundus (seita formada por viajantes do tempo) é tirada;

  • A passagem nas cavernas está sendo construída por Noah jovem e outro homem, morto pelo Noah jovem a mando de Adam (ou Jonas velho);

  • Jonas jovem conhece sua versão velha (Adam);

  • Adam apresenta para Jonas jovem a chamada “Partícula de Deus”;

  • Magnus e Franziska (adultos) ativam a Partícula de Deus e o Jonas velho/Adam viaja para 2020.


1953:

  • Os primeiros planos de construção da usina nuclear em Waden são iniciados;

  • Os corpos de Yasin e Erik são descobertos no canteiro de obras da usina;

  • Gretchen, o cachorro de Claudia, desaparece nas cavernas;

  • Ulrich adulto tenta matar Helge criança e deixá-lo no bunker;

  • Ulrich adulto é preso por Egon adulto pelos assassinatos de Yasin e Erik e o desaparecimento de Helge;

  • Cláudia velha visita H.G. Tannhaus adulto e o instrui a construir a máquina de viagem no tempo para viagens lineares;

  • O portal abre-se em Winden e o Helge criança vai para 1986.


1954:

  • Cláudia velha enterra a máquina de viagem no tempo no quintal da casa onde Cláudia adulta irá morar;

  • Helge criança retorna para casa;

  • Agnes adulta conta a Noah adulto que ela tem as páginas faltantes de Triquetra;

  • Claudia velha leva Tannhaus adulto para uma viagem no tempo e mostra a máquina;

  • Noah adulto mata Claudia velha, descobre as páginas perdidas da Triquetra e fica chateado com o que descobre sobre Charlotte.


1960:

  • A construção da usina é aprovada.


1986:

  • Uma explosão na usina vaza material radioativo, criando o buraco de minhoca na caverna;

  • Noah adulto chega em Winden e se torna o novo padre do local;

  • Mads desaparece, tendo sido sequestrado pelo Helge adulto;

  • Mads viaja para 2019, através da cadeira existente no bunker, mas morre no processo;

  • Jonas adulto visita Tannhaus velho e pede para ele consertar a máquina, para poder destruir o buraco de minhoca;

  • Yasin viaja para 1953 através da cadeira, mas morre no processo;

  • Boris Niewald jovem chega em Winden e adota a identidade de Aleksander Köhler;

  • Claudia adulta descobre Gretchen, vinda de 1953;

  • Jonas adulto volta a ver Tannhaus velho e recebe a máquina em sua versão final;

  • Jonas adulto/Adam revela sua verdadeira identidade ao Jonas jovem;

  • Jonas jovem tenta usar a máquina para fechar o buraco de minhoca, mas acaba apenas fechando a passagem, o que ajuda a criar o buraco de minhoca;

  • Um portal abre-se sobre Winden e Helge criança surge de 1953 através do buraco de minhoca;

  • Jonas jovem acaba indo para 2052.


1987:

  • Claudia velha mostra a Claudia adulta a máquina do tempo;

  • Hannah e Jonas adultos chegam em 1987;

  • Claudia adulta desenterra a máquina do tempo que a Claudia velha enterrou no quintal;

  • Noah adulto transporta Helge criança para 1954 através da cadeira;

  • Claudia adulta visita Tannhaus velho e ele explica que “Uma Jornada Através do Tempo” veio para ele do futuro antes de escrever;

  • Bernd velho revela a Claudia adulta as informações sobre a Partícula de Deus, que a analisa;

  • Egon velho diz a Claudia adulta que a viagem no tempo é real;

  • Claudia adulta decide deixar o Egon velho morrer, pensando em salvar Regina.


1994:

  • Katharina e Ulrich adultos casam-se.


2018:

  • Peter adulto deixa de visitar Benni depois que Charlotte adulta descobre.


2019:

  • Wöller perde os olhos;

  • Jonas jovem encontra o medalhão de São Cristóvão na areia;

  • Jonas jovem chega em 1921 e beija Martha;

  • Peter adulto visita Benni e vê a Franziska jovem;

  • Martha dá ao Jonas jovem o colar de medalhão de São Cristóvão que ela fez para ele;

  • Jonas jovem diz ao Mikkel/Michael adulto para não se matar e mostra-lhe a carta de suicídio;

  • Michael/Mikkel adulto enforca-se e deixa a carta com instruções para não lerem até o dia 4 de novembro às 10:13 da noite;

  • Erik desaparece, sendo sequestrado pelo Helge adulto;

  • Helge adulto chega de 1986;

  • Ines velho lê a carta do Adulto Michael/Mikkel às 10:13;

  • Mikkel/Michael criança desaparece, sendo transportado para 1986 através das cavernas;

  • Peter adulto vê o corpo de Mads aparecer no bunker e conta a Tronte adulto;

  • Claudia velha diz para eles se desfazerem do corpo e lhes entregarem o caderno Triquetra;

  • O corpo de Mads é encontrado na floresta;

  • Aleksander adulto ordena que os barris de resíduos radioativos sejam desenterrados e movidos;

  • Charlotte adulta encontra o bunker;

  • Yasin é sequestrado pelo Helge adulto;

  • Katharina adulta descobre sobre o caso de Ulrich adulto e Hannah adulta;

  • Ulrich adulto percebe que o menino morto da floresta é Mads;

  • Ulrich adulto confronta Helge velho;

  • Katharina adulta conta a Ulrich adulto que ela sabe sobre o caso com Hannah;

  • Jonas jovem chega de volta de 1986;

  • Hannah adulta usa o passaporte de Boris Niewald para chantagear Aleksander adulto para destruir Ulrich adulto;

  • Jonas adulto tira um isótopo dos barris de resíduos radioativos;

  • Noah adulto dá a Bartosz o caderno de Triquetra e o avisa para nunca confiar em Claudia;

  • Um portal de viagem no tempo abre-se sobre Winden;


2020:

  • Clausen assume o caso das pessoas desaparecidas;

  • Hannah adulta tenta o suicídio, mas Jonas adulto aparece;

  • Elisabeth criança encontra uma foto de Noah adulto em um livro antigo na loja de Tannhaus;

  • Wöller traz o lixo radioativo de volta para a usina, que é coberto de concreto;

  • Jonas adulto mostra a Hannah adulta a máquina do tempo e a leva pra 1987;

  • Claudia adulta vai à biblioteca e descobre sobre seu próprio desaparecimento em 1987;

  • Charlotte adulta mostra a Jonas adulto a foto de Noah adulto de 1921 e ele fala sobre os viajantes do Sic Mundus;

  • Charlotte adulta leva Hannah e Jonas adultos para o bunker e mostra todos os arquivos que ela obteve;

  • Katharina adulta vai aos arquivos da escola para procurar Michael Kahnwald e encontra a foto de Mikkel/Michael criança, em uma foto da turma;

  • Magnus, Martha e Franziska jovens e Elisabeth criança vão para as cavernas onde se deparam com Bartosz, deixando-o amarrado e pegam a máquina do tempo dele;

  • Jonas adulto vai ao quarto de Martha e deixa o colar de São Cristóvão para ela;

  • Hannah adulta conta a Katharina adulta sobre a máquina do tempo de Jonas adulto;

  • Elisabeth criança, Franziska e Magnus jovens e Martha entram nas cavernas para obter respostas de Bartosz;

  • Bartosz conta sobre a máquina do tempo e os leva para 1987;

  • Noah diz a Charlotte adulta que ele é o pai dela e que ele planeja matar Jonas velho/Adam;

  • Elisabeth criança, Franziska e Magnus jovens, Martha e Bartosz voltam de 1987 e Martha encontra o colar que Jonas adulto deixou para ela;

  • Hannah adulta rouba a máquina do tempo de Jonas adulto e parte para 1954;

  • Clausen prende Aleksander por roubo de identidade, que diz saber que tinha de ir a Winden para procurá-lo porque ele recebeu uma carta de uma fonte anônima;

  • Martha conhece Jonas adulto aos poucos e ele revela sua verdadeira identidade;

  • Katharina adulta aparece e revela que Jonas é sobrinho dela;

  • Jonas adulto revela a Hannah adulta que pegou a máquina, mas Martha diz que o Magnus jovem tem outra máquina do tempo;

  • Magnus traz a máquina do tempo para Martha e Katharina adulta.


2052:

  • Jonas jovem chega em 1986 e é levado em cativeiro pelo pessoal de Elisabeth adulta.


2053:

  • Elisabeth adulta executa dois homens para entrar na zona morta;

  • Jonas jovem descobre a Partícula de Deus nas ruínas da usina;

  • Jonas jovem é pego indo para a zona morta e é condenado à morte por Elisabeth adulta;

  • Jonas jovem é enforcado, mas Elisabeth adulta salva sua vida no último segundo;

  • Jonas jovem mostra à jovem que acompanha Elizabeth adulta a Partícula de Deus;

  • Jonas jovem estabiliza temporariamente a partícula e atravessa o portal;

  • Elisabeth adulta desenterra uma caixa de pertences pessoais e vai para a usina;

  • Elizabeth adulta faz contato com Charlotte adulta quando o buraco de minhoca é criado, permitindo que ela viaje até 2020.



Árvore genealógica


Outro ponto que bugou muitas cabeças foi a famosa árvore genealógica de Dark. Como a série é recheada de idas e vindas através do tempo, não é raro ver situações nas quais a filha é, ao mesmo tempo, filha e mãe e que a mãe, ao mesmo tempo, é mãe e filha… confuso, não?



As quatro principais famílias da série são Doppler, Tiedemann, Nielsen e Kahnwald. Junções, tramas, conflitos, traições, assassinatos e envolvimentos entre esses quatro núcleos são constantes e deixam a série ainda mais complexa. Pode-se perceber que o ponto central disso tudo fica entre Jonas e Martha, em suas mais diferentes versões.


Um site muito bacana que ajuda a entender não somente as linhas temporais, mas, também, a árvore genealógica, é o site Dark - The Official Guide (https://darknetflix.io/pt/family-tree). De forma simples, ele vai desenhando a linha temporal e montando o quebra-cabeça das famílias da série… recomendo tirar algumas horas para ficar navegando por lá.



Paradoxo de Bootstrap


O conceito geral do Paradoxo de Bootstrap é simples: algo existe sem necessariamente ter sido criado. Erro 404 detected na sua cabeça agora? Calma, vamos lá.


Imagine a seguinte situação: você tem 25 anos e recebe uma carta anônima com instruções para construir uma máquina do tempo. Destemido e corajoso, você resolve arriscar, mas leva 10 anos para alcançar conhecimento e tecnologia necessárias para realizar sua empreitada. Quando consegue, aos 35 anos, viaja no tempo e volta 10 anos atrás. Ou seja, voltamos para o ponto de partida… só que não.


Ao chegar 10 anos atrás, quando você tem 25 anos, decide escrever uma carta para si mesmo com as instruções para construir a máquina do tempo. E é aí que você entende que o escritor anônimo da carta foi você mesmo, aos 35 anos.


Mas é agora que os problemas iniciam: quem escreveu a carta originalmente? Você só construiu a máquina porque recebeu a carta de sua versão mais velha, e a sua versão mais velha só tem a carta porque recebeu de alguém do futuro. Ou seja, a carta jamais foi criada, surgindo do nada. Difícil de entender, certo?


Outro exemplo: um evento A impede que um evento B aconteça, mas o evento B é necessário para que o evento A aconteça. É aquela coisa: quem veio primeiro, o ovo ou a galinha? O ovo precisaria ter vindo antes para gerar a galinha, mas a galinha seria necessária para que o ovo existisse. A forma mais fácil de entender a teoria é que o tempo não segue uma trajetória linear, mas que ele se entrelaça, sendo que passado, presente e futuro são uma coisa só e interagem entre si. É aquela coisa: aceita, que dói menos.



Universos paralelos, multiverso e buraco de minhoca


Para (des)complicar um pouquinho mais as coisas, no final da segunda temporada vemos a possibilidade da chegada de outro tema de fundir miolos: os universos paralelos. Mas eles podem oferecer uma solução prática para o Paradoxo de Bootstrap.


Um universo paralelo, em tese, é um lugar em que as leis da física podem se aplicar de forma totalmente diferente de como funcionam no nosso universo. E, na teoria, uma das formas de se acessar esses universos é através de um buraco de minhoca (uma espécie de ruptura no tecido do espaço-tempo, que permitiria navegar entre os vários universos existentes).



Na cena em que Martha (com uma franjinha super estilosa) surge para Jonas jovem, antes do portal causar os estragos no final do último episódio da segunda temporada, ela diz “A pergunta não é de que tempo, mas de qual mundo”. Essa frase abre o leque para a chegada e existência de mundos paralelos, nos quais uma pessoa morta em um universo pode continuar existindo em outro e, até mesmo, navegar entre esses mundos distintos. Até mesmo traria a possibilidade da inserção de multiversos (um conjunto infinito de universos distintos, clones ou híbridos).


Acredito que essa possibilidade será fundamental para o fechamento da série, que acaba justamente na terceira e última temporada, a estrear no dia 27 de junho de 2020, o chamado “Dia do Juízo Final” na série. Se você está lendo isso, é porque sobreviveu ao fim, sortudo!



A Partícula de Deus


Outro assunto bem curioso (e assustador) é sobre a chamada Partícula de Deus, abordada também no filme Inferno (2006), de Ron Howard. Se você não sabe o que é essa partícula, vai conhecer agora.


Também chamada de Bóson de Higgs, essa partícula seria a mãe de todas as outras existentes no universo e, a partir dela, tudo o que conhecemos (e ainda não conhecemos) foi criado. Essa partícula uniria todas as partículas conhecidas da matéria (férmions) e os transportadores das forças que agem sobre elas (bósons).


Na série, ela seria, além disso, responsável por proporcionar as viagens no tempo e a abertura de portais entre os diversos mundos. Aquele aparelhinho esférico que Marta possui no final da Season 2 poderia ser uma espécie de receptáculo controlado para essa partícula, muito embora nenhum dos produtores tenha confirmado isso (teoria minha a respeito).


Não à toa, os cientistas trabalham arduamente em descobrir essa partícula através das colisões geradas via LHC (Large Hadron Collider, ou Grande Colisor de Hádrons), no complexo científico CERN. A intenção é reproduzir exatamente o momento da Criação e, a partir da descoberta dessa partícula, descobrir os mistérios do nosso universo. A velha discussão de “a ciência querendo brincar de Deus”.


Aliás, um dos grandes medos da comunidade leiga (e de pequena parte da comunidade científica) é que, ao criar essa partícula, haja uma imensa singularidade que criará um buraco negro supermassivo, que engoliria todo o planeta Terra e acabaria com toda a vida. A série aborda muito bem essa questão e faz referências constantes a isso, principalmente por parte de Adam. Ou seja, ele está louco para fazer besteira.



Questões religiosas


Para finalizar, quem prestou atenção mais profundamente na série percebeu a existência de muitas analogias a vários princípios religiosos. O próprio casal Jonas e Martha, protagonistas da série, faz referência à imagem de Adão e Eva , que são, de acordo com a mitologia, os criadores da civilização humana e o princípio de tudo.


A própria figura do Jonas velho, também conhecido como Adam, remeteu à figura do Anticristo, aquele destinado a eliminar toda a humanidade. Porém, há uma linha de pensamento que relaciona esse papel ao personagem Noah.


O significado de “Sic Mundus” é outra analogia interessante. A expressão Sic Mundus Creatus Est significa “Assim o mundo foi criado” e é encontrada na Tábua de Esmeralda, cujo texto foi redigido pelo legislador e filósofo egípcio Hermes Trismegisto. O texto serviu de base para o início dos estudos em Alquimia e mistura conceitos de Física, Biologia, Química, Medicina, Misticismo, Semiótica, Arte, Antropologia, Espiritualismo, Astrologia, Metalurgia, Matemática e Filosofia.


A Alquimia teve como principais objetivos científicos encontrar a chamada Pedra Filosofal (alguém aí lembrou de Harry Potter?) e o Elixir da Vida, ou seja, alcançar a imortalidade para si e para as pessoas amadas. E a temática vai completamente ao encontro do personagem Jonas, que tenta mudar o passado e salvar a vida das pessoas que ele ama, principalmente a de Martha.


A própria lenda do Minotauro é referenciada de forma subliminar na série. Inclusive, Martha chega a interpretar Ariadne no teatro da escola (para quem não lembra, Ariadne ajudou Teseu a fugir do labirinto depois de matar o Minotauro). O labirinto seria interpretado como as constantes viagens no tempo de Martha e Jonas para mudar o passado, com a ocorrência de ciclos repetitivos, independentemente do que ou do quanto eles tentem mudar.


A figura de Adam seria a do criador do labirinto, o Minotauro, Jonas jovem seria Teseu e Martha, Ariadne. O plano de criar uma nova civilização, um novo paraíso, seria a intenção do labirinto, por isso a vontade imensa de Adam em manter os nós intactos.


Agora, a analogia mais assombrosa é sobre o suicídio de Michael/Mikkel. Na lenda do Minotauro, Teseu ficou de avisar o pai, o Rei Egeu, de que estava vivo e que havia matado o Minotauro, mudando a vela do barco para uma vela branca. Ele esquece de fazer isso, Egeu pensa que o filho está morto e se suicida.


Em Dark, Jonas volta ao passado para avisar o pai sobre o suicídio. Só que, em vez de salvá-lo, induz (de forma inconsciente) o próprio pai a cometer o suicídio… ou seja, uma falha de comunicação foi a responsável pela morte tanto do Rei Egeu quanto de Michael/Mikkel, por culpa de Teseu e de Jonas… os showrunners da série fizeram direitinho a lição de casa!



Bom, depois dessa viagem maluca e alucinante rumo ao passado, presente e futuro, só nos resta curtir a tão aguardada e complexa terceira e última temporada da série. Estaremos fazendo a resenha dela e traremos as nossas impressões sobre a season 3 de Dark… aguardem. Grande abraço, e nos vemos em breve!