NoEDC.jpg
Buscar
  • D. C. Blackwell

Entrevista com o youtuber: Lukas Goes - canal Mystic Falls



         Boa noite, meus bruxinhos e vampiros amados, tudo bem com vocês? Aqui quem fala é a Gisele, escritora das resenhas de Legacies neste site. Como sabemos que os fãs da franquia TVD têm sede para conteúdos novos, pensamos em fazer algo diferente esta semana, e o que poderia ser mais interessante do que uma entrevista com Lukas Goes, o nosso amado youtuber do canal Mystic Falls? Sim, nós entramos em contato com ele, e conseguimos trazê-lo para vocês! Fala sério, não tem uma pessoa nesse mundo que ame The Vampire Diaries, The Originals e Legacies e que não tenha acessado o canal dele para assistir às notícias desse universo fantástico! Agora você pode conhecer mais sobre o trabalho dele, seu amor pelo mundo vampiresco e também a websérie que está sendo produzida por suas hábeis mãos, chamada Prisioneiros do Sol. Quem entrevistou o youtuber foi o D. C. Blackwell, o resenhista dos filmes de terror mais visados do cinema atual, e que vai acompanhar vocês até o final dessa matéria. Ok, chega de papo, não é mesmo? Vou deixar vocês com o D. C. Blackwell e o Lukas Goes, em uma entrevista surpreendente que vai te prender do começo ao fim!



1 – Como foi para você tornar-se um youtuber? O que o levou a buscar esse caminho?

         Na verdade, no início de tudo eu não queria me tornar um youtuber, as coisas aconteceram. Em 2014 criei o canal Mystic Falls para colocar as melhores cenas da série The Vampire Diaries para os fãs assistirem. Resolvi fazer isso porque eu já era muito fã desse universo de vampiros, mas logo percebi que os vídeos começaram a ser um sucesso e que os inscritos não pararam de crescer. Quando eu fiquei desempregado em 2016 tive um tempo maior para pensar e resolvi abraçar a oportunidade de criar conteúdos com mais frequência, então comecei a gravar vídeos de informações em forma de slides, minha voz e imagens dos atores na tela.


         Os primeiros vídeos que fiz assim bateram mais de 100 mil visualizações, lembro-me bem do tema “Fatos que você não sabia sobre The Vampire Diaries” que hoje tem mais de 400 mil acessos. Então não parei mais, até conseguir comprar minha primeira câmera e aparecer o meu rosto nos vídeos. Quando percebi, The Vampire Diaries já estava fazendo parte da minha vida pessoal e profissional.

2 – Não deve ser fácil trabalhar como figura pública – ainda mais como produtor de conteúdo! Nós, do site No Escurinho do Cinema, sabemos bem disso. Quais são suas maiores dificuldades nessa carreira? Que tipo de obstáculo foi o mais difícil de vencer?


         Quando eu percebi que eu poderia ganhar dinheiro, mesmo que pouco no youtube, eu me entreguei com unha e dentes na oportunidade. Não foi nada fácil dentro de casa e ainda não é, resolvi não voltar a trabalhar em empresas e focar integralmente no canal, acreditando em meu sonho, não só de viver do youtube, mas de abrir meu próprio negócio a partir disso. Raquel, minha noiva, me deu apoio desde o início e em todos os momentos. Todo canal tem uma meta de no mínimo 100 dólares por mês para que seja sacado o dinheiro gerado, caso contrário, você não recebe e o valor acumula para o próximo mês. Então ficar sem dinheiro em alguns meses foi um grande desafio.


         As maiores dificuldades das pessoas que vivem do youtube ou qualquer trabalho digital é o preconceito. As pessoas só acreditam em seu potencial e no seu trabalho quando os resultados começam, inscritos, dinheiro ou qualquer reconhecimento que geralmente é fora do padrão. Lidar com a falta de reconhecimento foi a maior dificuldade.

3 – Nós, e também seus fãs, conhecemos seu lado criador de conteúdo. Mas quem é o homem por trás do youtuber? O que faz, onde vive, do que se alimenta?


         Meu nome é Jean Cláudio Gomes de Souza, meu nome artístico é Lukas Goes. Moro em Governador Valadares – MG e, além de youtuber, sou cantor e apaixonado por música. Meu pai sempre foi cantor, e eu cresci com essa paixão de cantar e tocar, até que fizemos uma banda chamada “Cintura Colada”, com a qual fazemos gêneros como Forró, sertanejo, anos 60 e outros. Já tive uma dupla sertaneja chamada Lukas e Guilherme e tenho algumas músicas espalhadas pelas plataformas digitais. Além da música, em minha adolescência pratiquei judô por alguns anos e participei de vários torneios do esporte ganhando medalhas de ouro. Fiz faculdade de Educação física e dei aula de judô para crianças e adolescentes em escolas e projetos comunitários.



         Alguns anos atrás escrevi um livro de romance chamado “Senhor do Tempo”, que hoje está disponível gratuitamente em um aplicativo chamado Wattpad, enfim, eu já fiz e faço tanta coisa que daria um livro. Sou apaixonado por Dublagem e sonho em me tornar um grande dublador, e quem sabe colocar a minha voz em algum vampiro de sucesso?

         Não posso esquecer de falar que o canal Mystic Falls passou a ser uma empresa registrada de criação de conteúdo audiovisual e venda de produtos. Hoje, vendemos produtos de The Vampire Diaries para todo o Brasil com atendimento pelo nosso WhatsApp.

4 – O seu canal, “Mystic Falls”, possui um público bastante seleto: apenas fãs de Diários de Um Vampiro e seus derivados, como Os Originais e Legacies. Isso prova que você é mesmo apaixonado pelo que faz! Pode citar uma das coisas – pode ser personagem ou cena – que você mais ama nessa trilogia?


         Muitos fãs me perguntam por que eu só falo de TVD, TO e Legacies em meu canal, e esse já foi um questionamento que tive comigo mesmo por muito tempo. Até que comecei a pensar, imagine um fã do Superman que ama o personagem e informações sobre ele. Esse fã encontra um canal exclusivo do homem de aço onde 100% desse canal é sobre esse assunto. Interessante, certo? Sempre procurei ter o meu diferencial e essa exclusividade me ajuda com isso. Sobre o que eu mais amo nesse universo, é uma das poucas perguntas que eu não tenho uma resposta direta, eu amo tudo. O fato de ser sobrenatural, a exclusividade das histórias sobrenaturais, romances, evoluções dos personagens e principalmente por ser diferenciada de quaisquer outras histórias de vampiros.



5 – Já conhecemos, através dos seus vídeos, a sua paixão pela trilogia da Julie Plec. Quais são suas outras inspirações artísticas?


         Assisto bastantes filmes e séries de vampiros desde a minha adolescência. Não posso deixar de mencionar “Crepúsculo”, que foi praticamente o filme que me apresentou a esse universo vampiresco. Agora me fala aí, quem na fase de adolescência não sonhou em ser um vampiro estudando em uma escola? kkkk. Gosto também de outros clássicos como “Entrevista com o vampiro”, “Deixe-me Entrar” e outros. É claro que eu assisto e gosto de outros gêneros também. Para aliviar e desligar um pouco desse universo costumo assistir filmes de ação ou comédia.

6 – Um passarinho nos contou que há um projeto muito interessante vindo aí! Pode nos falar um pouco sobre Prisioneiros do Sol? Estamos todos curiosos para saber o que está tramando!

         Quando o canal bateu os 100 mil inscritos comecei a ter diversas ideias para comemorar essa marca. Atualmente eu participo de uma companhia de teatro da minha cidade e ideias começaram a brotar em minha mente. Tenho diversos fãs de The Vampire Diaries e todos amam esse universo de vampiro, então por que não trazer um pouco mais disso para eles?

Resolvi entrar para esse negócio de produção de web série e criar um crossover entre Prisioneiros do Sol e The Vampire Diaries. Não só como diretor e produtor da web série, mas também como ator no projeto, mesmo sem nunca ter atuado antes. Não é tão simples assim, eu precisaria de equipamentos para gravar e pessoas para atuar com muita qualidade para que tudo fosse diferenciado, mesmo sendo uma produção independente.


         Deus me abençoou e eu consegui comprar um microfone e outros equipamentos que iria precisar. Os atores e equipe para ajudar nas gravações também toparam, mas com tudo isso eu ainda iria precisar de alguém para me ajudar com os efeitos especiais na pós-produção. No youtube encontrei um canal que ensinava a fazer alguns efeitos semelhantes a The Vampire Diaries, veias nos rostos, olhos de vampiros etc... Mas tudo em espanhol, então estudei bastante esses efeitos e pensei, preciso desse cara para me ajudar no projeto. Fiz o convite, ele aceitou e inclusive vai atuar no projeto também, e já começamos as gravações. 


         A história se passa em Mystic Falls precisamente baseada na primeira temporada de The Vampire Diaries. Usamos algumas referências como flashbacks em 1864, além dos efeitos especiais serem semelhantes, velocidade, rotos, veias e olhos de vampiro e hipnose. Os fãs podem esperar algo criativo e diferenciado, costumo dizer que será como se estivesse assistindo The Vampire Diaries de um ângulo diferente. Novos personagens, mas com a história coerente, fazendo sentido e respeitando o que já foi lançado. 



         Lembrando que a nossa produção é independente, não temos nenhuma empresa colocando dinheiro para a produção ou compra de equipamentos. Não podemos comparar com uma produção milionária, mas o que eu posso dizer é que está sendo feita com o mesmo amor, carinho e determinação que séries e filmes milionários. Tudo isso é para os fãs que admiram o meu trabalho e fãs que sempre carregaram The Vampire Diaries no coração, mesmo depois de anos que a mesma encerrou as gravações.


         Nossa previsão é que tudo seja lançado ainda esse ano, mas devido à quarentena que estamos passando no momento tivemos que parar a produção, então ainda não temos uma previsão certa para o lançamento.

7 – As suas aspirações e projetos artísticos, como o Canal Mystic Falls e o projeto Prisioneiros do Sol, servem como referência – ou até mesmo sonho! – para muitos fãs do trio vampiresco. Que dicas ou conselhos você daria a quem está lendo esta entrevista agora, e que sonha com o sucesso no mundo da criação de arte e conteúdo em geral?


         Sempre fui um sonhador. Quando eu conheci a série em 2010 eu não tinha computador, nem celular e muito menos dinheiro para comprar. O pouco que eu consegui recebendo 20 reais por semana eu gastava indo até uma Lan House para assistir os episódios da série e ficava sonhando com as oportunidades que eu poderia ter. Independente das críticas, das risadas, da falta de reconhecimento que todos nós acabamos recebendo, nunca deixe de sonhar e correr atrás dos seus objetivos, porque as oportunidades vão chegar. 

         Assim como eu criei o canal, lutei e consegui uma câmera, mas se não tiver, comece com o que você tem no momento, até mesmo celular. Use as críticas como base para subir ainda mais alto e valorize as pessoas que ficarem do seu lado te apoiando quando ainda não tiver nada. Ninguém pode tirar o seu sonho de você! Comece hoje, evolua amanhã e lá na frente verá o resultado.

Foi um imenso prazer realizar essa entrevista com o Lukas! Esperamos que vocês tenham gostado, e para quem ainda não conhece o trabalho do Lukas no Canal Mystic Falls, vamos deixar uns links aqui embaixo:


Instagram:

@lukasgoesoficial

@canalmysticfalls

@prisioneirosdosol


Email: contatomysticfalls@hotmail.com

Whatsapp comercial: 27 988775100


Página Oficial:

https://contatomysticfalls.wixsite.com/mysticfalls

Gostaram da entrevista? Comentem e deixem a gente saber o que acharam!