NoEDC.jpg
Buscar
  • Angers Moorse

Matéria especial nº 100 - Amando Você



Salve, salve, galera! Hoje, venho compartilhar com vocês um momento muito feliz da minha carreira como escritor. Estou completando minha 100ª matéria no site No Escurinho Do Cinema… o tempo voa, não é verdade?


Até parece que foi ontem que escrevi a primeira matéria falando sobre o futuro do UCM. Depois dela, veio DC, Amazon, HBO, Netflix e, agora, Disney+, fora cinemas, teatros e afins. Hoje, porém, farei uma coisa diferente para compartilhar com vocês minha satisfação, honra e alegria por ter a chance de dividir tantas experiências maravilhosas (e outras nem tão maravilhosas assim).


Decidi compartilhar, em primeira mão, um conto que escrevi para a 4ª edição do Concurso Conto Brasil, da Editora Trevo/RJ. Esse conto foi um dos finalistas e é uma das histórias que mais gostei de escrever. Depois de escrever e falar sobre tantas coisas de outros autores, por que não compartilhar minhas próprias histórias com vocês?


Por isso, peço permissão para trazer até vocês o conto “Amando Você”, que trata da história de amor, dor e perdão entre Claire e Michael. Prepare-se para se apaixonar e se emocionar com essa história cheia de surpresas e reviravoltas!


“Claire Williams preparava o material fotográfico para aquele que seria o evento do ano para a revista Beauty Faces, uma das mais conceituadas revistas no segmento fashion. O desfile de lançamento da nova coleção da marca Blue Ivory, famosa pelas roupas de festas que faziam parte do guarda roupa de estrelas do cinema, era o evento do momento.


Em menos de dez minutos, iniciou-se o desfile, com toda a pompa e circunstância que o evento merecia. Claire observava cada movimento com perspicácia e exatidão, conseguindo captar detalhes especiais de cada modelo que entrava e saía na passarela. Notou que Michael Dexter a olhava fixamente enquanto desfilava, o que a deixou feliz, pois conseguia tirar fotos mais focadas das expressões faciais dele.


No coquetel servido após o final do desfile, ao passar perto dos estilistas responsáveis pelo desfile, tirou algumas fotos deles. Deu-se conta que estava ao lado de um dos homens mais desejados da atualidade e não resistiu à tentação de o olhar de ponta a ponta.


Claire e Michael foram até uma sacada e conversaram por quase duas horas. Entre taças de champagne, a conversa foi fluindo e ficando cada vez mais intensa. Tomados por um sentimento intenso, os dois saíram às escondidas e pegaram um táxi, indo até o hotel no qual Michael estava hospedado. Ali, tiveram uma longa noite de amor.


Três anos depois, em um dia comum de trabalho, ao passar por uma rua sem saída, Claire viu que três jovens espancavam um homem de rua, sem dar a ele chances de defesa. Num instinto inesperado, Claire gritou contra eles, chamando a atenção de um policial que fazia ronda nas proximidades.


O policial também veio ajudar Claire a socorrer o homem, ligando para a ambulância que, em cinco minutos, já estava a postos. No hospital, um dos médicos veio conversar com Claire, e ela pediu para ver o homem. Claire entrou no quarto e permaneceu ao lado dele.


Olhou nos olhos dele e segurou em suas mãos. Um flashback passou na cabeça de Claire de repente e, em seu coração, teve a certeza de quem era o homem. Com dificuldades e de forma lenta, Michael começou a contar toda a história a ela.


Falou sobre o início da carreira, sobre a fama e fortuna, sobre os constantes holofotes, os escândalos, sobre como iniciara no alcoolismo e a escalada nas drogas, até chegar em drogas como Crack e Heroína. Contou sobre a situação dele como morador de rua, sobre os vícios, sobre o suicídio dos pais e sobre o HIV detectado, deixando Claire aos prantos.


Michael já sabia que não tinha muito tempo de vida e já estava conformado. Ele sorriu para Claire e os dois se beijaram. Fechou os olhos e fez um gemido. Dois enfermeiros afastavam Claire de Michael aos poucos, enquanto ela se desesperava, gritava e chorava ao ver seu grande amor partindo.”


Além de Claire e Michael, há vários personagens coadjuvantes muito importantes na trama. Porém, por conta das regras do concurso, o conto precisou ser bastante abreviado. Mas, focando nos protagonistas, se alguém me perguntasse quem seriam os intérpretes dos protagonistas do conto, teria duas duplas em mente, sendo uma nacional e outra internacional.


Para a dupla nacional, os nomes seriam Vitória Strada e João Vicente de Castro.


Já, a dupla internacional seria Lily Collins e Henry Cavill.

Bem, essa foi minha forma de agradecer à Gisele e ao Danilo por concederem a este escritor a oportunidade de fazer parte da família NEDC. Como eu sempre brinco com eles: apesar de não ser o pai da criança, sou aquele tio babão!


E então, gostaram do conto? O que acharam das duplas de protagonistas? Tem alguma sugestão de atores ou atrizes que gostariam de ver nos papéis? Fico aberto a sugestões. Quem sabe, em um futuro próximo, essa história não esteja por aí nas lojas, telinhas ou telonas?


E que esta seja apenas a primeira matéria comemorativa de muitas que ainda virão. Estou trabalhando em algumas ideias para o site e, quem sabe em breve, já estarei trazendo algumas delas aqui. Grande abraço, muito obrigado por tudo e nos vemos na edição comemorativa de 200 matérias publicadas!