NoEDC.jpg
Buscar
  • Angers Moorse

O que esperar de WandaVision



Salve salve, galera! Se você já estava com saudades da Marvel, pode começar a abrir aquele sorrisão… WandaVision está chegando e será o pontapé inicial (oficial) da Fase 4 do UCM. Essa abertura de portas caberia ao filme Viúva Negra mas, como bem sabemos, a pandemia virou o mundo dos cinemas de ponta cabeça e obrigou as produtoras a reverem todo o cronograma de lançamentos.


Com isso, após a criação do canal de streaming da Disney, o Disney+, a série é a primeira obra da Marvel a aparecer nas telas. E, pelo que vimos no trailer, ela virá chutando a porta e abalando as estruturas, trazendo muitas surpresas para nós.


Para nós, do Escurinho Do Cinema, promessa é dívida. Então, conforme prometido na semana passada, vamos analisar a partir de agora como a série poderá (e irá) afetar o Universo Cinematográfico Marvel. Traremos confirmações, rumores, teorias e (possíveis) spoilers sobre a série.


Obviamente, não conseguiremos abordar todos os aspectos presentes nas HQs e de que forma podem ser adaptados ao UCM (praticamente, daria uma saga de matérias para explicarmos tudo nos mínimos detalhes). Mas, vamos abordar os principais pontos e de que forma eles podem surgir. Pronto para embarcar nessa viagem através do Multiverso e realidades alternativas? Então, vem comigo!



Nos quadrinhos


Segundo rola nos bastidores, a série pode ser baseada na saga Dinastia M, na qual Wanda afeta toda a realidade ao tentar trazer o irmão, Pietro, de volta à vida. Na saga, ela é manipulada nos bastidores por Magneto e Doutor Destino.


Mas, antes de Dinastia M acontecer, muita coisa rolou, incluindo a eliminação dos Vingadores em Vingadores: A Queda. Por causa do descontrole emocional de Wanda após a perda dos filhos e a morte do pai, Magneto, aliado ao rompimento do relacionamento com Visão e a manipulação do Doutor Destino sobre ela, um verdadeiro caos foi formado.


Tony Stark enfrenta problemas com alcoolismo, Mulher-Hulk está descontrolada, Homem-Formiga é morto na explosão da sede dos Vingadores, além das mortes de Gavião Arqueiro e Visão e de Thor, em uma realidade paralela. Com o descontrole de Wanda, Magneto e os X-Men tentam a ajudar a controlar seus poderes, contando com a ajuda do Professor Xavier.


Do outro lado, os heróis restantes tentam encontrar uma forma de deter - definitivamente - a Feiticeira Escarlate. Mercúrio pede ajuda a Magneto e eles escondem Wanda em um local seguro. E, a partir daí, ela pira e acaba alterando toda a realidade, dando origem à saga Dinastia M.


A saga Dinastia M


A saga iniciou-se em 2005, conectando várias obras dos quadrinhos e criando um universo bastante complexo e intenso. Na saga, Wanda utiliza seus poderes para criar uma “realidade perfeita”, na qual os mutantes assumem o controle do mundo e os humanos são rebaixados de categoria.


A maior parte dos heróis vive sem seus poderes e em outro tipo de realidade. Por exemplo, Capitã Marvel é, na realidade, Miss Marvel. Peter Parker (Homem-Aranha) é casado com Gwen Stacy e tem um filho… e o Tio Ben permanece vivo. Steve Rodgers não possui poderes e é velho, uma vez que não foi encontrado congelado nessa realidade.


E mais, Doutor Estranho não é o Mago Supremo da Marvel e Tony Stark trabalha junto de Hank McCoy e Henry Pym. Scott Summers (Ciclope) é casado com Emma Frost e Sam Wilson é um detetive que investiga supostos crimes cometidos por Luke Cage. O único que consegue se lembrar de sua vida - e da loucura da Feiticeira Escarlate - é Wolverine.


Em uma fuga para escapar da S.H.I.E.L.D., agência para a qual trabalha ao lado de Jessica Drew, Groxo, Mística, Vampira e Noturno, Wolverine é resgatado por Manto, irmão de Adaga, e levado para um grupo da resistência, liderado por Luke Cage e contando com Gata Negra, Punho de Ferro, Cavaleiro da Lua e Gavião Arqueiro (que não tinha morrido, na verdade), além de Layla Miller. Eles vão atrás de Emma Frost, a Rainha Branca, e Layla usou seus poderes sobre Emma, fazendo com que se lembre de tudo.


Aos poucos, os heróis vão sendo rememorados e partem para uma investida final contra Feiticeira Escarlate. Doutor Estranho descobre que ela foi manipulada por Magneto, que fez com que ela criasse a “realidade perfeita” segundo seus princípios morais de que mutantes deveriam dominar o mundo dos humanos. Então, Wanda surta de vez e, ao utilizar toda a força de seus poderes, acaba eliminando todo o gene mutante do universo… foi neste momento que surgiu a célebre frase “No more mutants” (ou, “Sem mais mutantes”).


Ao final, os desdobramentos de Dinastia M acabaram por dar início a outras grandes sagas da Marvel, como Invasão Secreta, na qual uma invasão Skrull está acontecendo. Aliás, nesta saga, vemos a formação do grupo Vingadores Sombrios, cuja liderança é feita por Norman Osborn, além da apresentação dos Jovens Vingadores, cujos filhos de Wanda e Visão (Célere e Wiccano) fazem parte da formação original.


Dinastia M dentro da série


A grande aposta nos bastidores é que WandaVision faça a adaptação da saga Dinastia M. E a pergunta que fica é: há a possibilidade de adaptar essa saga na série? Não totalmente, por dois motivos: um, porque ela será uma minissérie de seis episódios apenas e não haveria tempo hábil de adaptar tudo, ou seja, impossível de ver a saga como um todo na série.


O segundo motivo é que há forte rumor de que a próxima grande saga do UCM será Invasão Secreta e ficaria estranho duas grandes sagas acontecendo simultaneamente. Por outro lado, seria um baita desperdício a Marvel não investir em Dinastia M no início da Fase 4, uma vez que rola nos bastidores que a Feiticeira Escarlate pode ser vilã de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.


Além de ela surtar no filme, outros dois vilões podem aparecer no próximo filme de Stephen Strange: Pesadelo (que já pode aparecer de surpresa na série) e a feiticeira Morgana le Fay (ou Lilith), filha de Drácula e vilã nas HQs do herói. Com a presença de Lilith, Blade poderia ser apresentado nas cenas pós-créditos do filme (vai ligando os pontos).


Maaas, voltemos à nossa programação normal. Alguns elementos de Dinastia M podem ser trazidos à série de Wanda como, por exemplo, o surgimento dos mutantes dentro do UCM. Sabemos que ela é filha de Magneto e que tem forte ligação com os Filhos do Átomo, a nova geração de X-Men. Quem sabe, o surto dela no final da série (não esperem final feliz para Wanda e Visão) não crie o gene X, responsável pelo surgimento dos mutantes… vai saber!?!


A própria introdução dos mutantes é uma das explicações que a Marvel precisará dar aos fãs. Se eles já existiam, por que diabos não apareceram na luta contra Thanos? Ou, se não existiam, de onde eles vieram? O surgimento deles poderá vir a ser explicado no filme Os Eternos, uma vez que eles poderiam ser os responsáveis pela criação do gene mutante.


Outro elemento que seria possível apresentar é a aparição do multiverso ou de realidades paralelas (acabaram com nossa alegria ao trollar geral em Homem-Aranha: Longe de Casa). Com isso, os mutantes poderiam vir de outra realidade, bem como o Quarteto Fantástico (apenas lembrando que Wanda foi manipulada por Doutor Destino, principal vilão do quarteto nas HQs). Além disso, personagens que antes eram da Sony poderão ser apresentados no UCM com o surgimento das realidades paralelas.


O fato de Wanda tentar criar realidades alternativas felizes, nas quais ela e Visão formam um casal perfeito (e muito fofo, por sinal), incluindo filhos, pode bagunçar as coisas para frente. Tanto que essas mudanças podem vir a chamar à atenção Kang, O Conquistador, que já foi confirmado em Homem-Formiga 3 e é um conquistador de linhas temporais. Ou seja, mexeram no “felizes para sempre” dele e ele resolveu ver o que rolou.


Os mistérios do trailer


No último dia 20/09, durante o Emmy 2020, fomos surpreendidos com o primeiro vislumbre da série e, com ele, muitas dúvidas surgiram. Aliás, de todos os trailers que já vi, foi de longe o que gerou mais dúvidas que certezas. Logo de cara, vemos um visual em preto e branco e os dois pombinhos (Wanda e Visão) recém casados. A placa do carro faz referência a uma das HQs da Feiticeira Escarlate, a #102, na qual ela cria realidades paralelas para si e o amado.


Além disso, alguns easter eggs rolaram no trailer, como a referência à saga Dinastia M (no rótulo da garrafa de vinho, onde pode-se deduzir “House of M”, ou seja “Dinastia M”) e Bova, a vaca humanóide responsável por cuidar Wiccano e Célere quando eles estavam no Monte Wundagore (em uma das realidades, Wanda e Visão tem dois filhos).


A série tem a pegada de Sitcom (comédia de situação), passeando por várias décadas e respectivos visuais. Temos anos 50, 60, 70, 80 e 90 marcando presença tanto no figurino quanto nas cores e decoração. Aliás, destaque para os uniformes de Wanda e Visão, idênticos àqueles dos quadrinhos.


Outra referência bacana é a lembrança de séries como A Feiticeira e Jeannie é um Gênio, principalmente nos momentos em que ela usa os poderes para abrir uma garrafa de vinho ou arrumar a gravata de Visão. Quem curtia essas duas séries vai amar ver essas referências novamente!


Contudo, como nem tudo são flores, ela é pressionada por um casal de vizinhos e começa a ficar perturbada… e é aí que as coisas podem ficar interessantes. Cada vez que ela se sentir ameaçada, ela irá alterar a própria realidade, o que poderá trazer surpresas incríveis a cada nova mudança. Inclusive, em uma das mudanças de realidade, eles saem do estilo P&B e passam a ter cores, sugerindo versões alternativas do casal.


E, ao menos em uma dessas versões, podemos ver Wanda grávida (lembram do primeiro teaser?) e o casal segurando dois filhos que, em tese, seriam Wiccano e Célere (olha os Jovens Vingadores chegando aí, gente!). A dúvida que fica é: eles permanecerão vivos se ela alterar novamente a realidade, ela vai enviar os filhos para outra realidade antes de bagunçar tudo ou eles vão simplesmente sumir do mapa?


Mais um mistério no trailer: quem é Agnes, a misteriosa mulher que aparece em várias cenas? A não ser que as coisas sejam muito diferentes, as apostas são de que ela é, na verdade, Agatha Harkness, uma bruxa que atua como mentora da Feiticeira Escarlate e que, em tese, poderia ser a responsável (ou uma das responsáveis) por ajudar ou influenciar Wanda a criar todas aquelas realidades.


A cena em que ela pergunta a Visão se ela estava morta, ele responde que não e, na sequência, ela afirma que ele está morto e solta aquela risada sinistra, deixa claro que ou ela é a praga da série ou está ajudando a semear o caos. E a própria expressão do Visão deixa ainda mais nítido isso: ele sabe que algo errado não está certo.


E os enigmas não param por aqui: o que Monica Rambeau estava fazendo no meio da realidade de Wanda? E o que a S.W.O.R.D. estava monitorando? As respostas parecem um pouco obscuras, mas há uma teoria que pode explicar. Ela faz parte da agência, inicialmente interligada à S.H.I.E.L.D. e que, com a saída de Nick Fury, tornou-se uma agência independente.


Outras duas ilustres presenças na série são as do agente Jimmy Woo, que apareceu na franquia Homem-Formiga (mais uma conexão com o MCU). Na cena em que Monica é arremessada para fora de uma esfera e cai em uma espécie de centro de operações, vemos vários membros se aproximando dela, e o agente é um deles. A outra aparição é a de Darcy, de Thor e Thor: O Mundo Sombrio. Ao que tudo indica, será Darcy quem vai bater a real para Wanda.


A relação entre a esfera e a agência ainda é um mistério que estamos tentando desvendar mas, ao que tudo indica, estão à espreita de alguma coisa maior (e pior) sair de dentro da esfera. Ao menos, há uma certeza: eles sabem o porquê da Feiticeira Escarlate estar ali.


Só lembrando que Monica Rambeau, conhecida como Fóton, apareceu, ainda em sua versão infantil, no filme Capitã Marvel e é filha de Maria Rambeau, melhor amiga de Carol Danvers. Chegou a fazer parte da formação dos Vingadores e, anos mais tarde, entrou para a S.W.O.R.D. Só saberemos sua real função na agência e os motivos de estar dentro da realidade de Wanda no decorrer da trama… até para chutar algum palpite é complicado.


Outra aparição de promete dar o que falar é a de Mercúrio…. e não é quem você está pensando. O ator Evan Peters, que interpretou o herói em X Men: Fênix Negra (lembram da cena épica do Mercúrio?), está confirmado no elenco. De duas coisas, uma é possível que aconteça: ou Wanda trará o irmão de volta à vida ou trará o Mercúrio de outra realidade.


As duas alternativas poderiam funcionar, uma vez que a Marvel teria a chance de aproveitar melhor o personagem na sequência do UCM. Por outro lado, seria insano ver aquele mercúrio doido da Sony de volta às telas. Das duas possibilidades, acho mais viável a segunda, apesar de não descartar a primeira. O papel do ator ainda não foi divulgado, mas já gerou burburinho nos bastidores.


Para finalizar, chegamos à grande dúvida da série: quem será o “big boss” da série? Ou teremos mais de um chefão final? Há quem diga que seja Agatha e, outros, que será Pesadelo ou Mephisto. Mas, não se assustem se o responsável por tudo isso não for o Doutor Destino ou, quem sabe, o próprio Magneto… seria de cair o queixo, né?


Alguns palpites e apostas


Falar sobre WandaVision sem arriscar algum palpite é a mesma coisa que ir na lotérica e não arriscar uma fezinha… não tem jeito! E olha que tem palpite pra caramba para ser feito. Alguns deles, podem até ser meio forçados mas, em se tratando de Marvel, podemos esperar de tudo.


Um dos palpites mais fortes é que a série se passe depois dos acontecimentos de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. Uma vez que ela surte no filme e Doutor Estranho precise intervir para deter Wanda, ele pode ter criado uma forma de a aprisionar em uma outra dimensão ou universo, com a ajuda da tecnologia da S.W.O.R.D. (o que explicaria a esfera do trailer).


Por outro lado, minha aposta é os acontecimentos da série se passem antes do filme. Com Wanda perdendo Visão em Vingadores: Ultimato, ela pode ter sido convencida a ir para uma realidade paralela dentro da esfera e, nela, ter criado suas próprias realidades para compensar a falta do amado. Apenas lembrando que, no trailer da série, ele aparece com a Jóia da Mente na cabeça… estranho, não?


Com o passar do tempo, ela vai se perdendo em meio às realidades e acaba sendo vítima fácil das manipulações de seus vilões. Ao final, acaba surtando e causando um verdadeiro caos ao sair da esfera, o que levaria Stephen Strange a tentar resolver as coisas em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura… e aí se justificaria a teoria de Wanda ser uma das antagonistas do filme.


Outra aposta é que teremos uma cena pós-créditos no final da série apresentando algum mutante… Wolverine ou Vampira, na minha opinião. Wolverine, pelo fato de ser o único mutante a não ter as memórias afetado pelas realidades alternativas criadas pela Feiticeira Escarlate.


Por sua vez, Vampira seria outra jogada de mestre, uma vez que é outra personagem diretamente ligada à Capitã Marvel nos quadrinhos e que, assim como Monica Rambeau, também está ligada à história da heroína. Curiosidade: nos quadrinhos, Vampira absorve os poderes, o DNA alienígena e as memórias da Carol permanentemente e a deixa vulnerável. E essa trama poderia ser usada perfeitamente em Capitã Marvel 2 para, no terceiro filme da franquia, trazer Carol Danvers mais humilde e mais overpower que nunca.


Mais uma boa jogada que poderia ser feita na série é apresentar os primeiros sinais da chegada do Quarteto Fantástico ao UCM. Na trama da série, ela poderia estar sendo manipulada por alguém muito poderoso e que só conheceríamos ao final da série. No caso, esse ser seria o Doutor Destino e, junto dele, Wanda poderia trazer à atual realidade o quarteto para combater o vilão… não definitivamente, mas apenas para dar um susto nele e dar aquele gostinho de quero mais aos fãs.


Outra grande aposta que rola nos bastidores é que Doutor Destino seja o grande vilão das Fases 4 e 5, além de Norman Osborn. E não haveria hora melhor para começar a apresentar esses indícios que em WandaVision. Quem sabe, até mesmo uma referência ao Surfista Prateado ou ao Motoqueiro Fantasma… já pensou?


Mais uma aposta minha é que a série, de alguma forma, terá ligação com Homem-Formiga 3 e, até mesmo, com Viúva Negra. Sobre o filme solo de Natasha Romanoff, sabemos que ele se passará após os acontecimentos de Capitão América: Guerra Civil e terá o foco nela e em Yelena Belova, que poderá assumir futuramente o manto da heroína. Uma vez que Wanda mexerá com linhas temporais e realidades paralelas, nada impede de trazer a Natasha de outra realidade.


Sobre a conexão com Homem-Formiga 3, a justificativa é simples: ela mexeu no vespeiro e Kang, O Conquistador não gostou nada disso. O vilão de Scott Lang já está confirmado no filme e é um conquistador nato de linhas temporais. Ao ver que alguma de suas conquistas foi alterada, ele pode muito bem resolver investigar o que rolou, o que poderia explicar a presença da S.W.O.R.D. na trama.


E mais: uma vez que há fortes rumores que o próprio Doutor Estranho poderá dar as caras na série e que ele tem acesso ao reino quântico, linhas temporais e realidades paralelas, nada impede de eles se esbarrarem em algum momento da trama… quem sabe, Kang tentando matar Wanda e Strange a protegendo… seria insano!


E, para finalizar os palpites, acho que poderemos ter algum vislumbre do retorno da Viúva Negra e, de quebra, de algum easter egg sobre Os Eternos e Shang-Chi. Provavelmente, o herói será apresentado nas cenas pós-créditos dos filmes Viúva Negra e Os Eternos também trarão uma referência sobre os mutantes. Enfim, inúmeras possibilidades!


Considerações finais


Em resumo: poderia ficar aqui falando horas e horas sobre tudo o que pode acontecer na série e devido a ela. Há males que vem para um bem maior e a chegada de WandaVision como primeira obra da Fase 4 do UCM acabou sendo a melhor das alternativas possíveis para iniciar uma nova fase. E, se as expectativas se comprovarem, teremos um evento ainda maior e mais épico que Vingadores: Ultimato… Thanos foi apenas a pontinha de um imenso iceberg que está prestes a surgir!


A série tem previsão de estreia no Disney+ em dezembro deste ano, ainda sem data confirmada. Apenas lembrando que o canal de streaming da Disney será lançado em 17 de novembro no Brasil. Dessa forma, teremos a chance de presenciar o início daquela que promete ser a maior saga de heróis, anti-heróis e vilões da história do cinema!



E você, qual sua expectativa sobre a série? Algum palpite para ela e a Fase 4 do UCM? Wanda será a vítima ou a vilã da história? Visão está morto ou voltou à vida? Deixe seu palpite nos comentários. E aguardem pela nossa resenha da série. Até breve!