NoEDC.jpg
Buscar
  • Angers Moorse

Ozark - S03E05



Salve, salve, galera! As coisas começaram a esquentar no episódio 5, “It Came From Michoacán”, que trouxe um Marty mudado, Helen inclinada a mostrar sua faceta de vilã e Wendy desconfiada da advogada. Isso sem contar alguns desdobramentos interessantes. Então, vem comigo que eu te conto tudo!


Sabemos que Marty foi liberado no final do episódio 4 e que retornou para casa. Mas, qual Marty realmente voltou? É essa a dúvida de Wendy ao longo de todo o episódio. Algo aconteceu e ela pretende descobrir o quê.


Ainda falando nele, o FBI demonstrou que não pretende dar moleza, principalmente a agente Maya. Ela é um verdadeiro carrapato, grudando em Marty e Ruth e desconfiando de tudo que possa levantar alguma suspeita. Ele até tenta jogar uma isca e ver se ela morde, mas já percebeu que a agente é osso duro.


Até rolou um papinho estranho no final do episódio, mas não sei o que saiu da conversa. Ela é durona e cheia de razão, e ele é esperto e calculista. Os dois têm seus interesses, e não acredito que entrarão em comum acordo, nem para um lado nem para outro. Teremos de esperar os próximos episódios para saber.



Wendy tem, agora, duas preocupações na cabeça. A primeira refere-se ao marido, que voltou um pouco “estranho” do cativeiro. Ela até questiona ele sobre o que houve, mas ele só revela parte do assunto mais para frente. A segunda é sobre Helen, e o quanto ela pode ser perigosa. Acho que Wendy já ligou o alerta amarelo em relação à advogada.


Antes de entrar nesse assunto, pausa para o momento fofura do episódio… Wendy e Marty dormindo juntos, trocando carinhos. Ela sentiu o baque ao se imaginar sem o marido, e ele percebeu o quanto a ama. Pareceu até que os dois fariam uma trégua e uniriam forças, mas não foi bem assim. Mas que foi uma cena fofa, isso foi!


E as negociações não param em Ozark. Depois do hotel e do cassino, o novo investimento foi uma fazenda. Pela primeira vez, Marty e Wendy trabalharam juntos para fechar o mesmo negócio. Depois das negociações bem sucedidas, mais uma noite de carinhos entre os dois pombinhos… haja amor! Wendy hoje estava com um visual bem arrebatador, jogando charme pra todo lado… aí não tem coração que resista!


Enquanto isso, Helen vai agindo nos bastidores. Comecei a pegar asco dessa mulher… eita bicho irritante! Primeiro, as ameaças a Charlotte. Depois, as insinuações para cima de Ruth. Agora, resolveu se meter nas negociações de Wendy, que já começou a desconfiar das reais intenções dela. E foi aí que me surgiu uma dúvida: por que diabos Wendy sacanearia o próprio negócio na fazenda?


Em uma das cenas, Helen surge com três homens e fazem uma espécie de cirurgia em um dos cavalos de raça da fazenda, ocasionando prejuízos à dona e causando a revolta dela para cima de Wendy, que ficou meio perdida ao chegar no local.


A primeira reação dela foi “Ei, que diabos houve aqui?”, mas, logo em seguida, ela fica com aquela cara de criança que fez coisa errada e não quis assumir. Depois, acusou Helen de ser mentirosa.. e é aí que não me achei ainda: ela teve ou não alguma participação no caso?


Comecei a desconfiar que o casal Byrde vai unir forças contra o cartel Navarro e Helen, que defende seu cliente fervorosamente. A advogada frisou que o que interessa são os interesses de seu cliente. Ou seja, dane-se o resto, o que importa é quem me paga. Além disso, ao ligar para Omar, cobrando explicações sobre o cavalo danificado, Wendy ouve dele que ela pertence a ele. E essa frase causará forte impacto na mulher.


Fico na expectativa para que ela conte ao marido sobre a ligação e que Marty consiga ser esperto o suficiente para manipular tanto o cartel navarro quanto a agente Maya e, de quebra, dar um fim em Helen. Incluí a advogada na lista das possíveis mortes para esta temporada, já que Marty e Wendy estavam nela. Talvez, a própria Darlene faça uma viagem só de ida também… demorou!



Falando na Darlene, teve a continuidade da treta envolvendo o pequeno Zeke. Wendy até tentou uma estratégia para tirar o bebê de Darlene, mas o tiro saiu longe. Wyatt (Charlie Tahan) acabou testemunhando contra Wendy e a guarda permaneceu com Darlene. Mas o melhor (ou pior) ainda estava por vir.


Depois da interpretação perfeita de Wyatt, Darlene resolveu dar ao rapaz um merecido prêmio: ela mesma! Grudou um beijão nele e foram ambos ter relações sexuais… WTF??? Está manipulando muito bem o guri… tomara que não seja uma vítima nas mãos dela. E, quando eu falo que ela é sinistra, ainda tem gente que duvida. Depois dessa, incluí ela na lista de possíveis mortes da temporada 3… se ela não matar alguém antes.


Segundo “momento fofura” do episódio… a cena dos palitos de rabanada e dos pombos em cima do carro do Frank Jr foi muito divertida! Sabe aqueles casais de filmes de comédia romântica que vivem se encrencando mas que, no final das contas, você sabe que têm tudo a ver? Então, pense em Ben e Ruth como um desses casais. Muito fofinhos os dois! Cupido amolecendo o coração de Ruth? Espero que sim.


Ben continua com suas investidas para cima de Ruth. Ela (mais grossa que abraço de leitão) mantém-se direta e objetiva, mas, aos poucos, vai caindo nas graças dele. Porém, teve um pequeno susto… quase foi sequestrada por Nick (Seth Kemp) e Tommy (Tyler Chase). Por sorte, foi liberada e passa bem.


Aliás, quem ganhou minha Medalha de Honra nesse episódio foi a Charlotte que, além de abrir o jogo com a mãe sobre Helen e bater a real em Erin sobre Nick, ainda deu uma encarada de respeito em Tommy… fora que estava linda nesse episódio! Até acho que ela assuma alguma posição de maior destaque na próxima temporada caso algum dos protagonistas nos diga adeus… pelo menos, espero que haja uma quarta temporada.


Minhas impressões sobre Erin estar trazendo Jonah e Charlotte mais para frente dos holofotes parece estar se concretizando aos poucos. É visível o crescimento dos dois nos últimos episódios. Tipo, Charlotte já era mais ligada e vem crescendo cada vez mais, mas a principal mudança é com Jonah, está ficando mais conectado e atento. Um pouco, por influência da irmã e, outra parte, por causa de ter algum sentimento por Erin, talvez.


Para não me alongar demais (acho que já me alonguei), achei um ótimo episódio, no qual tivemos algumas surpresas, muitos momentos de amor e fofura e uma cena bizarra entre Darlene e Wyatt… por essa não esperava! Ah, antes que eu esqueça… coitada da terapeuta de Marty e Wendy! Só metem ela em encrenca. Agora, foi a vez de Wendy começar o suborno… o lado bom é que ela vai ganhar uma boa grana dos dois... terapeuta agente duplo!



Nos encontramos na próxima resenha!