NoEDC.jpg
Buscar
  • Angers Moorse

Ozark - S03E06



Salve salve, galera! Se nos episódios anteriores teve “fogo no parquinho”, atenção… hoje foi “incêndio na floresta”! Pensa em um episódio que pegou fogo (e não foi só no sentido literal)... e multiplica! Teve todo tipo de treta rolando. Curioso? Então, segura o fôlego e vem comigo!


Só para vocês terem uma pequena ideia de tudo o que houve no episódio 6, “Su Casa Es Mi Casa”, Marty e Wendy têm uma briga feia entre si, a terapeuta deles suborna Marty, Wendy enfrenta Helen, Helen confronta a filha Erin, Darlene chantageia a polícia, Jonah encara Tommy e quase leva tiro, Ben e Ruth transam (finalmente!), Ruth confronta Wyatt, Marty é perseguido, e Ben e Jonah salvam Ruth de uma emboscada… ufa, foi tenso! Tensão e emoção pouca é bobagem!


Falando nos personagens desse episódio (e foram muitos!)... o clima entre Marty e Wendy esquentou de vez… rolaram faíscas e não foram de amor não… o pau quebrou entre os dois pombinhos… e eu que achei que eles iam começar a unir forças. Mais uma vez, aquele pesadelo de Wendy está adquirindo força na minha teoria de que um dos dois ganha passagem só de ida para a outra vida até o final da temporada.


Enquanto Marty tenta jogar duro para trazer a agente Maya para seu lado, precisa enfrentar a própria esposa, Helen e a subornada “de leve” que sua terapeuta deu… Essa só tem carinha de senhora boa e gentil, mas é trambiqueira também. Para ela, o casal Byrde é uma espécie de mina de ouro na qual ela pretende investir.


Wendy, por sua vez, está a cada dia com a vida mais conturbada. É rompimento com o marido, os filhos dando dor de cabeça, o irmão enfrentando problemas e dando em cima de Ruth, o cartel Navarro babando em cima e, para piorar, ela ainda se deu conta de que Helen não é uma parceira, mas sim uma inimiga à altura. A batida de frente entre as duas deixou muito claro que o clima ainda vai esquentar mais daqui por diante.


Helen teve de encarar não somente Wendy, mas a própria filha, Erin. As duas já não se dão tão bem assim, e a descoberta de que a filha pretende perder a virgindade de qualquer forma vai deixar essa relação ainda mais tensa. E, para piorar, Tommy anda querendo avançar o sinal pra cima da gatinha (não suporto esse cara, muito babaca!).



Por falar na Erin, ela anda saidinha pra cima de Tommy e os amigos dele, e Jonah e Charlotte já sacaram qual é a dele. Tanto que Jonah meio que chamou o cara para uma encarada bacana. Quando ele pegou a arma, fiquei na torcida para ele matar o Tommy de uma vez… mas fica para a próxima, afinal, não vão faltar encaradas pela frente, ainda mais quando Jonah está a fim de Erin também e não vai dar moleza. Sabia que a moça ia trazer Charlotte e Jonah para os holofotes da série… tomara que continue assim daqui pra frente.


O “casal 20” da série teve (enfim!) sua primeira noite de amor. Tá, não rolou muito bem da primeira vez… mas na segunda tentativa rolou muito bem! E isso já ligou o sinal amarelo para Wendy, que resolveu cortar o barato dos dois e teve uma conversa (não sei até que ponto) franca com Ruth, para que desista de Ben… ficou claro isso nas entrelinhas. Mas aposto minhas fichas que ela não vai topar a ideia.


Ruth, pela segunda vez, sofreu emboscada (tadinha, só se mete em encrenca!) mas, dessa vez, foi salva a tempo por Jonah e Ben… bendito drone do moleque! O “tiozão” Ben está mandando muito bem no relacionamento com os sobrinhos e, assim como Erin, vem trazendo Jonah para a frente das ações. Desde o início, é visível que ele queria participar mais ativamente, mas os pais sempre davam uma brecada. Agora, com Ben por perto, ele vê sua chance de provar seu valor.


Outra parte muito importante do episódio foi a conversa cheia de sentimento entre Ruth e Wyatt. O garoto ainda não perdoou nossa querida loirinha por causa da morte do pai e, mesmo com todo o arrependimento que ela sente por causa disso e o amor que tem pelo primo, Wyatt é irreversível na sua decisão de ficar com Darlene. Parece que a bruxa realmente enfeitiçou o garotão. A atriz Lisa Emery está incrível no papel de Darlene… se ela não ganhar alguma estatueta nas futuras premiações, é sacanagem.



E, para terminar o episódio, a coisa “pegou fogo” na última cena… e não foi só no modo de dizer. Quase que nossa amada Ruth vira churrasquinho no final… ainda bem que ela tem um anjo da guarda por perto! Resumão do episódio: foi quente do início ao fim!



Por hoje é isso. Nos encontramos na próxima resenha!