NoEDC.jpg
Buscar
  • D. C. Blackwell

Papéis do Henry Cavill que você provavelmente não conhecia

Bem-vindos a mais uma matéria do Escurinho do Cinema!

        Eu sou D.C. Blackwell, e vim falar um pouco das outras obras das quais nosso querido Henry Cavill, famoso protagonista de The Witcher, participou no passado. Afinal, não só de moedas vive o Bruxo, não é mesmo? Assim como não só de um papel vive um ator – na maioria das vezes.

#1 - The Tudors

         Um dos papeis mais famosos do ator é o do nobre fanfarrão de The Tudors, Charles Brandon. Neste papel, o ator adquiriu uma trama própria dentro da série, mesmo não sendo um personagem central, rendendo milhões de fãs ao longo das suas quatro temporadas. 




#2 - Stardust


         Fiquei chocado quando me dei conta de que ele também esteve em Stardust! Seria o penúltimo lugar onde eu procuraria por Cavill – e só não é o último porque tem mais surpresas nesta lista. Sim, ele foi Humphrey, mas dificilmente percebemos logo de cara por causa do incrível trabalho de maquiagem que fizeram nele. Pra quem não lembra, Humphrey é o valentão que tenta roubar a donzela do protagonista logo no começo da trama.


#3 - Renascido das Trevas

         Cavill também interpretou Evan Marshall, co-protagonista no suspense Renascido das Trevas. Neste filme, seu irmão fica desaparecido por dois anos até voltar e revelar que foi sequestrado e torturado em uma fazenda. De arrepiar!




#4 - O Conde de Monte Cristo

         Já se surpreendeu com as aparições do ator? Não?! E que tal se eu te contar que ele esteve na adaptação do clássico da literatura O Conde de Monte Cristo? Sim, ele foi Albert Mondego, filho do Lorde Mondego. O personagem é um nobre que tem a vida salva pelo protagonista ao longo da trama. Não era um grande papel, mas cara, ele estava lá! Eu nunca teria imaginado que ele seria tão famoso alguns anos depois. 


#5 - Tristão & Isolda

         Tramas de época – ou no mínimo com temática medieval – parecem perseguir Henry Cavill. E que bom, pois graças a isso, ele nos presenteou com belos papeis, tais como o de Melot, melhor amigo e traidor de Tristão. 



         Podemos concluir que o homem tem talento, e que seu status atual não se dá apenas por ser um “rostinho bonito”. Cavill mostrou suas habilidades e escalou no mundo da Sétima Arte com determinação e muita luta!


Gostou da matéria? Curte nossa página no Face!

D.C. Blackwell.