NoEDC.jpg
Buscar
  • Angers Moorse

Tudo o que você precisa saber sobre Os Eternos



Salve, salve, galera! Depois do teaser trailer fabuloso lançado na semana passada, aposto que seu hype ainda está a mil por hora por causa desse filme! Mais uma vez, a Marvel aposta em um grupo de super seres desconhecidos para seu UCM, e, ao que parece, será mais uma aposta certeira, assim como foi com Guardiões da Galáxia.


Se você já ouviu falar, mas nunca leu uma HQ dessa equipe, ou se você nem sabia da existência deles, pode ficar tranquilo, porque estamos aqui para trazer um pouco da história deles. Quem são, de onde vieram, um pouco da história, poderes e relações com humanos, Celestiais e Deviantes, além das tretas com outros Eternos.


E mais, vamos falar um pouco sobre cada um dos Eternos que estarão no filme, apenas lembrando que tem muito personagem paulada que não estará (ou não foi anunciado e aparecerá de surpresa) no filme. Então, sem mais rodeios, vamos ao que interessa!


Quem são os Eternos


Se você não conhece ou nunca ouviu falar, os Eternos são uma equipe de super-heróis que vêm dos primórdios da Marvel Comics, quando ainda era chamada de Timely Comics. Teve suas primeiras aparições a partir de 1940, porém, foi oficialmente criada em 1976 por Jack Kirby.


Em 1970, ao sair da Marvel, Kirby foi para a DC Comics e criou a saga Novos Deuses, que não teve boa aceitação, fazendo com que ele voltasse para a Marvel Comics. Em um acordo com Stan Lee, Kirby dispensou interferências e criou sua primeira versão dos heróis, que teve a primeira aparição na HQ The Eternals #1.


Entretanto, a revista teve apenas 19 edições e pouca recepção, acarretando em seu cancelamento. Posteriormente, em 2005, Neil Gaiman foi convidado pelo editor Joe Quesada para reintroduzir a franquia às HQs. Gaiman contou com a ajuda gráfica de John Romita, introduzindo uma nova visão dos Eternos, mas sem ignorar a obra original de Kirby.


Há cinco milhões de anos, os Celestiais, uma raça extremamente poderosa e avançada, realizaram experiências nos primeiros seres humanos, os Homo Erectus. Do resultado desse experimento, foram criados os Eternos e os Deviantes, uma espécie maligna de seres e fruto de experiências malsucedidas.


Treta vai e treta vem, as batalhas entre eternos e Deviantes resultaram no desaparecimento dos lendários continentes Mu (Lemúria) e Atlântida (olha ela aí!). A intenção dos Celestiais era a de que os Eternos protegessem a Terra e suas vidas dos ataques dos Deviantes até que retornassem para fazer seu julgamento final.


Esses heróis possuem vários poderes on-board, como imortalidade, imunidade à doenças e venenos, imunidade a temperaturas extremas, regeneração, absorção de oxigênio (o que permite que eles respirem debaixo d’água), durabilidade, força sobre-humana, voo e levitação, projeção de energia e calor, telepatia e controle mental, criação de ilusões, teletransporte, transmutação de objetos, geração de campo de força e transformação em uma entidade psiônica (o Unimente, a partir da junção de três Eternos). Ou seja, overpower já de berço.


Aparentemente, eles estiveram na Terra há milhares de anos e auxiliaram na evolução do Homo Erectus para Homo Sapiens. Contudo, por motivos específicos, não foram autorizados pelos Celestiais a interferir diretamente na evolução. Assim, eles assistiram às guerras, pestes, fome, destruição e até ao Joss Whedon arrebentando com a versão da Liga da Justiça do diretor Zack Snyder (hehehe), mas não puderam mexer os pauzinhos.


E essa é, justamente, a pulga atrás da orelha de todo fã da Marvel e do UCM que assistiu ao trailer épico do filme: por que diabos eles não interferiram durante os ataques de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato, ainda mais sabendo da existência dos Vingadores e do blip? Talvez, a explicação seja bem mais macabra do que aparenta ser… comentaremos sobre isso mais à frente.


Quais Eternos estarão no filme


Embora haja uma infinidade de Eternos espalhados pelo Multiverso dos quadrinhos da Marvel, apenas alguns deles foram selecionados para fazer parte do longa (até onde sabemos, são esses). Além do pacotão de superpoderes padrão que eles possuem, cada Eterno desenvolveu uma habilidade específica a níveis ainda mais impressionantes.


Sem mais delongas, vamos à apresentação dos personagens que debutarão no filme, com direito a breve descrição e especificação do superpoder que lhe é mais peculiar e mais desenvolvido:


Ikaris


Filho de Virako e Tulayn, pai de Ícaro. Pertence à 3ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals #1 (julho de 1976). Grande líder tático e extremamente moral, possui larga experiência em batalhas contra os Deviantes.


Possui como principal habilidade os poderes de voo, força extrema e habilidade de projetar rajadas de energia cósmica de seus olhos. Já colaborou com os Vingadores e foi o responsável por reunir os Eternos quando os Deviantes tentaram acordar o Celestial Sonhador. O personagem será interpretado por Richard Madden.


Ajak


Filha de Rakar e Amaa e irmão de Arex. Pertence à 3ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals #2 (agosto de 1976). É considerada a líder espiritual do grupo e possui altas habilidades de voo e combate.


Sua principal habilidade é ser a única entre os Eternos a ter a capacidade de conversar com os Celestiais, sendo a líder da equipe. Já lutou ao lado e contra Thor, além de lutar ao lado de Hércules no Esquadrão dos Deuses. Nos quadrinhos, o personagem é masculino, mas terá sua versão feminina no longa, sendo interpretada por Salma Hayek.


Sersi


Filha de Helios e Perse. Pertence à 4ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Strange Tales #109 (junho de 1963). É a que tem maior ligação com os humanos e a mais jovem da equipe.


Sua maior habilidade é controlar objetos em nível atômico com sua mente, transformando qualquer material não consciente que tocar. Já fez parcerias com Merlin na época do Rei Arthur e ajudou ocasionalmente os Vingadores. A personagem será interpretada por Gemma Chan.


Thena


Filha de Zuras, o líder dos Eternos na Terra, e Cybele, além de ser representante da 2ª geração de Eternos. Pertence à 3ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals #5 (novembro de 1976). É extremamente experiente e possui enorme habilidade em batalhas e visão tática para combate.


Sua principal habilidade é usar energia cósmica para forjar qualquer arma que pensar. Já participou de histórias ao lado do Quarteto Fantástico, de Thor, dos Inumanos e dos Heróis de Aluguel. A personagem será interpretada por Angelina Jolie.


Gilgamesh


Sua origem e filiação são desconhecidas. Pertence à 2ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals #13 (julho de 1977). É extremamente forte e resistente, embora muito gentil com a equipe.


Sua principal habilidade é a projeção de um exoesqueleto de energia cósmica e ter altíssimas habilidades com armas. Participou de batalhas junto aos Deuses da Guerra e os Vingadores. O personagem será interpretado por Ma Dong-seok.


Kingo


Assim como Gilgamesh, sua origem e filiação são desconhecidas. Pertence à 4ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals #11 (maio de 1977). Extremamente disciplinado e hábil com armas samurais.


Possui como maior habilidade o poder de disparar projéteis de energia cósmica através das mãos. Não se envolveu com outras equipes e outras batalhas recentemente, mantendo uma vida normal como astro e produtor de cinema. O personagem será interpretado por Kumail Nanjiani.


Makkari


Filho de Verona e Mara. Pertence à 4ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Red Raven Comics #1 (agosto de 1940). Rápido e impaciente, muitas vezes não é levado a sério pela equipe.


Sua maior habilidade é a velocidade sobre-humana, além de grande capacidade de construção de naves e veículos de alta velocidade. Já atuou ao lado dos Vingadores, além de lutar ao lado do parceiro Quasar. Diferente dos quadrinhos, o personagem terá uma versão feminina e surda muda e será interpretado por Lauren Ridloff.


Sprite


Outro personagem cuja origem e filiação são desconhecidas. Pertence à 5ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals #9 (março de 1977). É preso no corpo de uma criança.


Sua principal habilidade é criar ilusões extremamente realistas, além de ser muito forte e inteligente. É peça chave no combate contra os Deviantes. Outro personagem que sofreu alterações de gênero para o filme, sendo uma menina de 12 anos e interpretada por Lia McHugh.


Phastos


Mais um personagem cuja origem e filiação são desconhecidas. Pertence à 3ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals Vol 2 #1 (outubro de 1985). Extremamente engenhoso e criativo.


Sua principal habilidade é a de conseguir construir qualquer tipo de arma ou invenção, sendo um gênio tecnológico. Teve ligações com a Nova Raça e foi um dos criadores dos Evolucionistas. O personagem será interpretado por Brian Tyree Henry.


Druig


Filho de Valkin e primo de Ikaris. Pertence à 4ª geração e sua primeira aparição nos quadrinhos foi na HQ Eternals #11 (maio de 1977). Um dos personagens mais manipuladores da equipe.


Sua maior habilidade é usar a energia cósmica para controlar a mente das pessoas e induzi-las a fazer o que ele determinar. Atuou como agente da KGB na Rússia e, atualmente, é o governante de Vorozheika. O personagem será interpretado por Barry Keoghan.


O Cavaleiro Negro


Muito embora não seja um Eterno, o personagem tem Dane Whitman como seu atual alter-ego. Ele já teve ligações amorosas com Sersi e, provavelmente, formará um triângulo amoroso com Ikaris, que também é apaixonado pela Eterna.


Whitman é um hábil e poderoso espadachim e o atual portador da amaldiçoada Espada de Ébano, contaminada pelos crimes cometidos pelo primeiro Cavaleiro Negro, Sir Percy de Scandia. A lógica da espada é mais ou menos a mesma do Um Anel de O Senhor dos Anéis: quanto mais seu portador a usa, mais louco e diabólico ele se torna.


O personagem será interpretado por Kit Harrington (o eterno Jon Snow de Game of Thrones). Ainda não se sabe qual será a importância do personagem na luta contra Druig ou Kro, o provável Deviante maligno que será a “grande ameaça” capaz de fazer com que os Eternos interfiram no destino da humanidade, mas espera-se que ele use sua espada amaldiçoada em algum ponto da trama.


Kro


O personagem foi criado junto da maioria dos Eternos e estreou na HQ Eternos # 1 (julho de 1976). Sendo um Deviante, é considerado o principal antagonista da trama. Além disso, teve um relacionamento com Thena e dois filhos com ela, Donald Ritter e Deborah Ritter.


Esse relacionamento entre os dois pode até não ser explorado neste primeiro filme, mas acredito que pode ser um baita gancho para uma eventual sequência, afinal, há muitas histórias com os personagens e, até mesmo, um baita spoiler para Invasão Secreta, uma vez que ele é um metamorfo e consegue até se passar por um humano.


Thanos e Strafox


Por ser meio Eterno e meio Deviante, Thanos pode dar as caras no longa em sua versão mais jovem. Ademais, depois do estrago que fez com seu estalo, seria interessante ver que algo poderia ter sido libertado e fazer com que os Eternos precisassem agir para conter alguma ameaça libertada por ele.


Além disso, há rumores de que Starfox, que é irmão de Thanos e um Eterno, possa aparecer em uma das cenas pós-créditos, o que deixa aberta mais uma vez a possibilidade de uma sequência, além de apresentar algumas das motivações do porquê de Thanos ter feito os ataques em Titã.


Especulações sobre o filme


É normal acontecerem vazamentos, fofocas de bastidores e produtos licenciados darem spoilers de partes dos filmes ou, em casos mais extremos, do roteiro inteiro. Obviamente, sempre é bom ligarmos as antenas e não sairmos acreditando em qualquer fonte por aí.


Alguns desses vazamentos e rumores, no entanto, acabam se confirmando. Um dos produtos licenciados, um calendário oficial da produção, trouxe em sua descrição uma das possíveis explicações para o sumiço dos Eternos do UCM durante os eventos de Vingadores até Vingadores: Ultimato.


A descrição afirma que eles estiveram vivendo na lua de Saturno, Titã, defendendo a Terra dos ataques dos Deviantes e ameaças cósmicas. Isso justificaria o fato deles não terem aparecido até agora, mas deixa outra lacuna aberta: qual é essa grande ameaça que fará eles voltarem à ativa agora, logo após os eventos de Vingadores: Ultimato?


De início, a sinopse menciona que eles terão de enfrentar um poderoso Deviante, no caso, Kro. Nos quadrinhos, contudo, há outra ameaça interessante e que poderá ser ainda pior: um Celestial adormecido nas profundezas da Terra. Este, se acordado, traria a destruição imediata do planeta, o que faria com que os Eternos tivessem de agir antes que isso acontecesse.


Outra possibilidade é ainda mais sinistra, de que os humanos são apenas experimentos dos Celestiais e que funcionam como uma espécie de “vacina” para conter uma praga que mata esses seres cósmicos. E aí, vendo que as experiências estão prestes a dar resultados efetivos, os Celestiais poderiam aparecer por aqui para fazer a “colheita” ou enviar os Deviantes para fazer o serviço, e, nesse caso, os Eternos precisariam interferir.


Duas outras coisas interessantes e que poderiam justificar o fato da não interferência dos Eternos até agora são: ou os Celestiais proibiram que os Eternos interferissem até o Dia do Julgamento Final, ou os Eternos ficaram sem memórias e, por algum motivo (pode até ser o estalo do Tony Stark ou do Thanos) essas memórias tenham sido reativadas.


Para finalizar, ainda temos as dúvidas sobre as presenças do Cavaleiro Negro e de uma versão mais jovem de Thanos (ainda não confirmada no longa). A apresentação dele como um membro dos Eternos seria interessante para entendermos algumas das motivações e razões que o levaram a ser chamado de “Titã Louco”.


E mais, a suposta aparição de Starfox em uma das duas cenas pós-créditos seria pra lá de interessante e poderia indicar um segundo filme, uma vez que, se ele está na área, Thanos pode estar por perto também (ele pode ter sido revivido pela entidade Morte). OU, quem sabe, poderemos até ver Thanos e Starfox se juntando aos Vingadores para enfrentar Galactus, por exemplo... vai saber o que a Marvel está aprontando!?!


Sobre o Cavaleiro Negro, ele seria uma espécie de ponte entre humanos e imortais, trazendo até momentos das épocas medievais. Além disso, seria interessante vermos o triângulo amoroso entre ele, Sersi e Ikaris. E uma última possibilidade seria a de vermos vislumbres dos tempos antigos de Atlântida e Lemúria, trazendo um possível gancho para a introdução de Namor ao UCM… seria épico e mitológico se isso acontecesse!


Nossos palpites


De cara, posso dar um palpite de que teremos algum Eterno morto no filme, uma vez que alguém pode destruir ou inutilizar a Câmara de Reparação deles. Essa câmara faz uma espécie de backup da mente, lembranças e conhecimento do indivíduo, cria um novo corpo e reinsere todas as informações nele, fazendo com que o Eterno tenha essa “imortalidade”. Uma vez sem essa câmara, seria impossível trazer um Eterno de volta à vida.


Outra aposta é que a dupla Thanos e Starfox realmente apareçam em algum momento do filme, quem sabe, na cena pós-créditos (há boatos de que serão duas). E eu não duvido nada que seria uma chamada para um segundo filme na Fase 5 do UCM.


Mais uma aposta minha é de que ou teremos a introdução ou um pequeno vislumbre de Atlântida e, consequentemente, de Namor ao UCM, ou um spoiler da chegada dos X-Men, uma vez que os experimentos dos Celestiais teriam criado também o gene mutante. E eu não duvido nada que os primeiros mutantes a serem apresentados sejam Tempestade (por conta de Wakanda e do Pantera Negra) e Vampira (por causa da Capitã Marvel).


Duas últimas apostas malucas (essas são bem improváveis, mas são apostas interessantes) são a de que tenhamos alguma conexão do filme com Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, por conta do personagem Kingo que, originalmente, foi um samurai (pode até ser que tenha algum easter egg sobre isso ou lá ou aqui) e possamos ver (finalmente!) a chegada de Adam Warlock ao UCM (pode ter alguma ligação dos Eternos com o Alto Evolucionário e, com isso, algum vislumbre mais claro sobre Adam).


Ah, antes que eu esqueça, pode ser que o longa ainda tenha alguma conexão com Thor: Love and Thunder, uma vez que os Celestiais e os Eternos já tiveram tretas com Zeus e os Deuses do Olimpo. Não acredito que venham a utilizar essas conexões em Os Eternos, mas nunca se sabe, né?!?


Conclusão


Concordo quando parte da crítica diz que esse filme é muito 8 ou 80. OU será um filme de proporções épicas e mitológicas que vencerá várias premiações e se tornará um blockbuster maior até que Vingadores: Ultimato, OU será o maior tiro no pé da Marvel Studios (sinceramente, acredito muito mais na primeira opção).


Provavelmente (e infelizmente), o longa não terá uma bilheteria tão expressiva por conta da pandemia, mas aposto que será muito bem aceito por crítica e público, uma vez que está sob o comando da diretora Chloe Zhao (do premiadíssimo Nomadland).


Tanto que o alto escalão da Marvel/Disney aprovou a proposta dela para a produção. E, levando-se em conta que é uma equipe tão desconhecida quanto Guardiões da Galáxia eram antes de seu lançamento, é bem possível que essa liberdade que Zhao tenha possa ser justamente o diferencial para transformar um grupo de seres superpoderosos e muito desconhecidos por todos em uma das equipes mais fantásticas dos últimos tempos dentro do UCM.


O filme tem previsão de lançamento para o dia 5 de novembro nos cinemas, mas não duvido que, se a pandemia continuar avançada, a Disney resolva liberar o filme no Disney+ entre 30 e 45 dias após o lançamento nos cinemas. Acompanhem nosso site, pois, tão logo o filme seja lançado, traremos uma resenha mais que especial sobre ele.


Por enquanto, estou me cuidando e seguindo todos os protocolos e recomendações e torcendo para que consiga ter tomado minhas duas doses da vacina até lá, pois quero curtir esse filme em uma sala de cinema, com toda a pompa e circunstância que Os Eternos merece!