NoEDC.jpg
Buscar
  • Gisele Alvares Gonçalves

Zoey's Extraordinary Playlist - S1E6

Olá extraordinários, tudo bem com vocês? Gente, que episódio maravilhoso foi esse? Estou arrebatada! Foram as músicas maravilhosas, as coreografias de tirar o fôlego, o coração balançando para um novo ship... E vocês, ficaram tão admirados com esse capítulo quanto eu fiquei? Imagino que sim, visto que tivemos altas emoções, especialmente para quem shippa Zoey e Max. Parece que finalmente esse casal vai andar na série, e eu nem acredito que vou dizer isto, mas estou muito entusiasmada para ver os dois se aproximarem romanticamente.

O Max foi o verdadeiro cavaleiro de armadura brilhante neste episódio, salvando a Zoey da humilhação e do coração quebrado, Ele esteve lá justo quando ela mais precisou, e fez tudo ao seu alcance no momento mais frágil de sua amiga, ajudando-a a chegar ao hospital e ver seu pai que sofrera um acidente. Foi tanta coisa ao mesmo tempo! A Zoey nitidamente estava tendo uma crise de ansiedade, sentindo que não estava dando conta dos acontecimentos que a sobrecarregaram, mas o Max percebeu isso e cuidou dela, ao mesmo tempo em que cantava uma música extremamente linda e fofa em seu coração! Sério, se você não se apaixonou pela cena em que ele ficou na frente da casa dos pais da Zoey, cantando a versão mais lenta de I’m Gonna Be (500 Miles), você precisa ver este episódio novamente.

Enfim, chega de Max… Vamos falar sobre o Simon! Bom, em primeiro lugar, gostaria de dizer que fiquei aliviada ao descobrir que ele e a Zoey não tinham transado, e que eu não precisei ficar desapontada com a minha ruivinha amada. Eu devia saber que ela ia fazer o certo! Porém eu não estava tão louca assim, rolou um clima pesadão entre ela e o Simon, e só pelo fato do homem ter sentimentos por duas mulheres já faz dele um problema na vida de qualquer pessoa. Ele não foi completamente honesto com a Jessica, e eu sinto que isso demonstra uma falha de caráter maior do que aparenta ser, e que eventualmente ele pode sim ser infiel com sua noiva, se é que já não foi… Se não rolar nada com a Zoey, pode facilmente rolar com outra garota por aí, e eu não iria querer ser a Jessica nesse momento.

Falando nessa louca… Quem mais aí achou que ela agiu da pior maneira possível na festa de noivado? Quero dizer, talvez a mulher até tivesse o direito de estar chateada, mas não podia chamar o Simon no cantinho e conversar com ele de forma civilizada? Tinha que arrastar a Zoey pra bagunça, e na frente dos convidados! Sério, achei ela bem descontrolada nessa cena, e sem um pingo de dignidade. Bem que a Zoey fez em sair dali o mais rápido que pôde, pra evitar o prolongamento da humilhação.



É engraçado isso, mas eu não tinha entendido por que a protagonista não estava atendendo a Jessica no começo do episódio… Foi só depois de ver essa cena eu percebi que eu estava sendo boazinha demais com essa mulher, achando que ela tinha sanidade mental e essas coisas. Quero dizer, eu até pensei que ela estivesse procurando a Zoey por ciúme do Simon, mas eu achei que a morena apenas queria conversar sensatamente com a colega de seu noivo, e não fazer uma cena. Quando o Mo deu o conselho para a Zoey não atender o telefone, eu pensei: poxa, não é melhor falar logo com a Jessica e resolver o problema o quanto antes? Depois que tudo aconteceu, no entanto, obviamente eu entendi por que o Mo havia dado aquele conselho, e a partir daquele momento em diante prometi nunca mais desconfiar de sua sabedoria em relação a qualquer coisa relacionada a pessoas.

Agora, a gente precisa combinar uma coisa… A atuação da Jane Levy é perfeita! Quase morri com a falta de jeito dela quando a Jessica chegou na empresa, e a Zoey ficou toda nervosa e desastrada como sempre. Acho tão fofa a forma como ela não consegue esconder as emoções, especialmente relacionado a interações pessoais intensas e não planejadas com pessoas estranhas. Tirando as músicas e os números de dança, creio que esse é o meu segundo ponto favorito na série, e é também o motivo que faz eu amar tanto a Zoey.

Claro, a India de Beaufort (atriz que faz a Jessica) também é talentosíssima e linda demais! Ela faz aquele tipo de personagem elegante, que está sempre com a postura correra, o extremo oposto da Zoey, mas ainda assim fascinante. Fiquei apaixonada pela performance dela em Say My Name, pois além de ser bela e cantar bem, ela ainda arrasou na dança… Não consigo tirar esse vídeo do repeat. Obviamente não estou justificando aqui a loucura da personagem e sua falta de noção, apenas elogiando a atriz muito bem escolhida para representar este papel.

Bom, mas a Jessica não foi a única personagem com dor de cotovelo, não é mesmo? Tivemos também a coitada da Autumn, que levou um fora e agora está descornada. Achei bem engraçada a cena na cafeteria, e pra falar a verdade até justa. Eu também estaria furiosa com um cara que entrou em um relacionamento comigo sem saber se queria de verdade, e depois que transou comigo me desse um chute na bunda. Por que foi tão difícil para o Max entender isso? O Mo tinha razão (de novo), as pessoas são estranhas. Fico só me perguntando se veremos a Autumn nos próximos episódios… Eu realmente gostaria que ela se tornasse uma personagem fixa na série, afinal estamos precisando de uma loira no elenco.

Quem salvou o Max de fazer um papelão ao ir falar de novo com a Autumn, e possivelmente fazer ela perder o emprego por discutir um ex-relacionamento ao invés de servir café, foi o maravilhoso do Mo. Achei demais o momento em que ele pede para o Max botar o seu casaco fora, e ele faz isso de verdade! Se o Mo ordena, você obedece. Além disso, ele simplesmente divou mostrando seus talentos de alfaiate, costurando aquela roupa linda para o Max, deixando-o com jeito de galã. Eu achei que a roupa ia ser bem mais extravagante, mas o nosso designer de moda sabe fazer o traje de acordo com a pessoa que irá vesti-lo, e acabou provando que sabe montar um look masculino bem elegante.


E a Zoey olhando para os mamilos do Max? Jesus, aquilo foi hilário! Mostrando a nós que esse ship pode ser tão fofo quanto caliente. A Zoey também não estava nada mal, com aquele vestido vermelho coladinho no corpo. Sexy, eu ousaria dizer? Aliás, isso é algo que precisa ser mencionado: A protagonista, apesar de ser bem modesta e estar sempre com o decote grudado no queixo, tem muito bom gosto para roupa de festa, e nestas ocasiões sempre está elegantemente vestida, causando inveja a toda fashionista que por acaso esteja vendo a série. Eu gosto do fato dela ter esse código de vestimenta bem restrito, cobrindo sempre o corpo e não correndo o risco de parecer vulgar. Gosto de personagens que não precisam apelar para conquistar o boy magia, e a Zoey é o exemplo perfeito dessa qualidade.

Mudando o assunto de pato pra ganso, que tal falarmos da nossa amada Joan, a rainha da festa e da bebedeira irresponsável? Gente, nunca imaginei! Foi uma surpresa agradável, e a atriz se saiu maravilhosamente bem neste episódio, mostrando que sabe até bem demais os trejeitos de alguém que caiu na garrafa da cachaça. O que eu mais amei na parte dela, no entanto, foi a coreografia maravilhosa que montaram para a cena musical. Aliás, isso é algo a se elogiar na série, a capacidade que os coreógrafos têm para criar cenas interessantes e que desafiam as habilidades dos atores… Dança é algo com o que eu sou bastante criteriosa, porém até agora não tenho nenhuma reclamação neste departamento.

Não sei se vocês notaram, se vocês me acompanham com as resenhas de Outlander e de Legacies, porém o perfeccionismo me faz ser bastante chata em relação a tudo o que eu assisto, mesmo que eu ame a série, e por isso vivo criticando as escolhas de roteiro dos meus outros acompanhamentos. Com Zoey, no entanto, parece até que eu estou babando ovo, porque nunca tenho nada a reclamar dessa série maravilhosa. O que eu vou fazer, se os caras acertam em cheio em tudo o que fazem, não é mesmo? Só espero que continuem assim, para eu poder continuar elogiando irrestritamente, e proclamar com todo o pulmão que finalmente eu encontrei a série perfeita.

E aí, curtiram a resenha? Comentem abaixo seus pensamentos sobre o episódio, e sobre a minha análise das cenas. Um beijo a todos, e até a próxima!

Gisele Alvares Gonçalves